Partilhe nas Redes Sociais

“Novo normal”: Noesis facilita gestão de espaços e visitantes

Publicado em 17 Junho 2020 | 227 Visualizações

Numa altura em que o País entra nas fases finais do regresso à “normalidade” depois deum longo período de confinamento, é importante adaptarmo-nos ao chamado “novo normal”.

A pensar nisso mesmo, a Noesis desenvolveu uma solução com o objetivo de auxiliar as organizações através da gestão de filas. Perante o atual período de incerteza em que todos vivemos «e que está a impactar a economia», o setor do turismo e do retalho viram-se obrigados a implementar novas regras, «nomeadamente, de gestão dos seus espaços».

A solução desenvolvida com base em tecnologia Microsoft – Microsoft 365 e Azure – permite gerir filas virtuais e evitar filas físicas ou aglomerações de clientes e gerir a experiência de visita ao espaço de forma totalmente digital, integrada com os dispositivos móveis dos clientes e sem necessidade de contacto físico.

A solução permite igualmente gerir “senhas” virtuais, notificar os utilizadores quando chega a sua vez ou agendar visitas, por exemplo, «transmitindo a confiança e segurança necessária» ao visitante, bem como aos colaboradores «e permitindo uma gestão eficaz e de acordo com as exigências legais e sanitárias», refere a Noesis em comunicado.

Rodolfo Luís Pereira, Enterprise Solutions director da Noesis, explica que a empresa tem «procurado responder às novas necessidades dos clientes, impulsionados pela COVID-19, através da criação de soluções tecnológicas que garantam a continuidade, a produtividade e a segurança dos seus negócios».

O mesmo responsável diz acreditar que o setor «poderá renovar-se e assegurar a forma como fornece os seus serviços, quer em âmbito público, quer privado».

É neste sentido «que surge esta solução, uma vez que as filas de espera, assim como o tempo que demoram são uma complicação para muitas organizações / lojas, sobretudo, nesta altura em que todos os dias são definidas novas regras de segurança», refere ainda Rodolfo Luís Pereira.

No entanto, «se existir a possibilidade de os estabelecimentos conseguirem gerar tickets virtuais para os seus clientes, no qual estes passam a ter acesso direto através do seu smartphone, assim como a um conjunto de informações, tais como: identificar o número total de clientes permitidos na loja, solicitar um ticket, saber qual o número do ticket naquele momento e qual o seguinte», a verdade «é que o processo torna-se muito mais fácil e eficiente, evitando a criação de filas desnecessárias», diz o mesmo responsável.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados