Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Nuance Loop leva inteligência artificial às operadoras móveis

Publicado em 22 Fevereiro 2017 | 1878 Visualizações

Inteligência artificial embebida em soluções de analítica é uma das grandes tendências do ano e atinge praticamente todos os sectores – dos carros às telecomunicações. É neste segmento que a Nuance Communications está a promover a sua plataforma de marketing com inteligência artificial e análise de dados, dirigida às operadoras móveis. Chama-se Nuance Loop e foca-se nos planos pré-pagos: o objetivo é criar novas fontes de receitas.

O momento é propício a este tipo de soluções, tendo em conta que as operadoras móveis estão a enfrentar uma quebra das receitas tradicionais, fruto da concorrência de serviços over-the-top (OTT) e de maior pressão reguladora. Um estudo recente da Deloitte alerta para isso mesmo, a necessidade da indústria das telcos transformarem as oportunidades de receita com serviços de dados e voz de alta qualidade. Isso exige uma boa gestão da alocação de investimento em inovações para alcançar os níveis de qualidade exigidas.

«Com base nos dados obtidos após a adoção global das nossas ofertas de receita de assinantes verificámos que os operadores móveis estão numa posição única para impulsionar receitas adicionais através de serviços de elevado valor que mantêm os assinantes ligados, informados e participativos», refere Bob Schassler, vice presidente executivo e diretor geral da Nuance Mobile.

A Loop é disponibilizada como um serviço gerido sob um modelo de partilha de receita, algo que permite contornar investimento em CapEx e custos de manutenção. O propósito da plataforma é dar às operadoras móveis a capacidade de reduzirem a rotatividade de clientes e aumentarem a receita média por utilizador (ARPU).

A forma como o faz é múltipla. Por um lado, usa serviços de publicidade, financeiros e de mensagem a assinantes pré-pagos para geração de receitas. A plataforma analisa as taxas de conversão, os perfis dos assinantes, a utilização de conteúdo e a atividade da rede para criar ofertas personalizadas para cada assinante.

«Desenvolvemos a Nuance Loop para permitir aos fornecedores de serviços a capacidade de disponibilizar no momento certo as ofertas de serviço e de marketing corretas – aumentando a sua oferta de conversão e novas oportunidades de receita, melhorando simultaneamente a fidelidade dos clientes em toda a base de assinantes pré-pagos», complementa Schassler. Os assinantes pré-pagos são envolvidos em todos os serviços da rede – voz, texto, tecnologia USSD, browser ou app, o que facilita a decisão por parte da operadora sobre o que oferecer, quando e como, tendo por base o contexto, perfil e histórico de utilização.

A empresa dá vários exemplos de aplicação prática. Um assinante pré-pago sem saldo pode ser elegível para uma oferta de empréstimo de tempo de rede para assegurar que o serviço esteja ativo até ao próximo carregamento. Alguém que habitualmente faça o download de apps de saúde e fitness pode estar interessado na subscrição de conteúdos sobre receitas saudáveis. Ou então, um utilizador que tenha esgotado os dados de alta velocidade pode estar interessado num plano de dados adaptado ao seu tipo de utilização. Há também a conversão máxima: um cliente pré-pago pode ser melhor servido se for transferido para um plano de assinatura pós-pago.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados