Partilhe nas Redes Sociais

Operadores vão ter cinco anos para eliminar Huawei das redes 5G em Portugal 

Publicado em 1 Junho 2023 | 556 Visualizações

Os operadores de telecomunicações com serviços em Portugal vão ter um prazo entre três e cinco anos para remover equipamentos e tecnologia da Huawei das suas redes. As datas estarão detalhadas na deliberação do Conselho Superior de Segurança do Ciberespaço e estão a ser avançadas pelo Eco, que através de fontes do sector conseguiu ter acesso aos detalhes classificados como reservados do documento.   

A deliberação tinha sido divulgada pelo Económico e marca uma completa alteração da posição de Portugal em relação a este tema. Até agora, a posição pública do Governo sobre o tema apontava para a ausência de razões para banir a Huawei das infraestruturas críticas de telecomunicações. 

Essa posição pública foi tomada, há mais de três anos, quando surgiu na Europa o debate sobre o tema. Desde então, vários países mudaram de opinião e puseram no terreno medidas idênticas àquelas que Portugal vai agora implementar, para fazer cumprir o parecer dos especialistas.

A decisão do CSSC é vinculativa e definitiva e embora não refira empresas em concreto, deixa poucas dúvidas sobre quem será o alvo da medida. Os riscos para a segurança nacional identificados a partir da análise do Conselho e as recomendações da UE mandam banir das redes 5G em Portugal tecnologia de empresas não ocidentais, fora do espaço da UE, dos EUA ou da OCDE.  

A Huawei está há 20 anos em Portugal e afirmou-se como um dos grandes fornecedores de soluções de rede dos operadores locais. No 5G a presença da empresa chinesa não será tão forte como em gerações anteriores das redes móveis mas o impacto da decisão pode ainda assim ser grande e têm surgido várias dúvidas sobre quem paga esta alteração. 

Segundo o Eco, o prazo de três anos aplica-se aos equipamentos alocados a partes core das redes 5G, os cinco anos aos equipamentos periféricos. 


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados