Partilhe nas Redes Sociais

Outsystems encaixa 55 milhões de dólares

Publicado em 2 Fevereiro 2016 | 1692 Visualizações

A Outsystems obteve um financiamento de 55 milhões de dólares junto da North Bridge, uma empresa norte-americana de capital de risco que investe em empresas de tecnologia em grande crescimento. A North Bridge junta-se assim à ES Ventures e à Portugal Ventures como investidores na OutSystems.

 

Joaquim Sérvulo Rodrigues, da ES Ventures, revela-se satisfeito com a entrada da North Bridge na OutSystems, que segundo ele apresenta «elevados rácios de crescimento». Quanto à contribuição da North Bridge, Sérvulo Rodrigues considera que esta irá não só reforçar, mas também aumentar esses rácios. Os partners da North Bridge, Mikel Pehl e Jim Moran, irão integrar o Conselho de Administração da OutSystems.

 

O acordo agora fechado com a North Bridge representa assim um dos maiores investimentos diretos realizados por uma empresa norte-americana numa empresa portuguesa de tecnologia, e será utilizado para reforçar as áreas de vendas e marketing da OutSystems nos mercados internacionais onde está presente e alargar a sua oferta a novas geografias. Também o departamento de I&D da OutSystems será amplamente reforçado com a abertura de novas posições em Portugal na área da engenharia informática, aprofundando assim a capacidade inovadora e prosseguindo o trabalho especializado que tem sido feito a partir do nosso País.

 

«Temos uma grande oportunidade à nossa frente e a North Bridge vai ajudar-nos a beneficiar dela», diz Paulo Rosado, CEO da OutSystems. De cordo com este responsável, a OutSystems tem a vantagem de poder contar com pessoas de «elevada qualidade que produzem um produto sem paralelo no mercado mundial». Para manterem esta vantagem, Paulo Rosado admite que é preciso continuar a apostar em contratar os melhores e a dar-lhes as condições para poderem ser bem-sucedidos. Como tal uma parte substancial deste investimento de 55 milhões de dólares irá ser canalizado para as áreas de engenharia e serviços. «Vamos trabalhar com um parceiro que tem um sólido histórico de apoio à expansão de empresas tecnológicas e de elevado crescimento», sustenta o CEO.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados