Partilhe nas Redes Sociais

Portugueses falam 7,4 minutos por dia ao telemóvel

Publicado em 3 Junho 2023 | 499 Visualizações

Os serviços móveis de comunicações em Portugal ganharam 311 mil assinantes entre janeiro e março deste ano, o número traduz um crescimento de 2,4% e uma maior adesão aos planos pós-pagos e híbridos, segundo a Anacom. A adesão a este tipo de planos terá crescido 8,1% nos últimos 12 meses, fazendo com que estas modalidades de acesso tenham passado a representar 66,6% do total. 

Os planos pré-pagos voltaram a entrar numa tendência de decréscimo. Já tinha sido assim entre 2012 e 2021. A partir dessa altura voltaram a crescer, mas isso já não se verifica, tal como já tinha também acontecido no último trimestre de 2022. 

O tráfego de voz móvel em minutos diminuiu 5,9% no período, por comparação com os primeiros três meses de 2022, para um total médio de 221 por mês, ou 7,4 minutos por dia. A duração média das chamadas também foi menor. Fixou-se nos 3 minutos e 1 segundo por chamada, menos 13 segundos (-6,9%) que em 2022. 

Entre janeiro e março a penetração do serviço móvel em Portugal avançou para um total de 180,8 acessos móveis por 100 habitantes, um número que cai para 129,2 acessos por 100 habitantes, considerando apenas os acessos de utilização efetiva e excluindo as ligações Machine-to-Machine. 

No total, 13,5 milhões (71,4% do total) acessos foram efetivamente utilizados no período em análise, segundo a Anacom. Já excluindo os acessos afetos a computadores, tablets, pens ou routers, o número desce para 12,7 milhões.

O número de utilizadores efetivos do serviço móvel de acesso à Internet foi de 9,9 milhões, mais 7,5%, o que traduz uma penetração de 95,3 por 100 habitantes, mais 6,7 pontos percentuais. 

Mais utilizadores geraram mais tráfego de internet, em termos gerais (56,5%) e por utilizador ativo (45,3%), com cada consumidor a usar, em média, 8,8 GB por mês. No PC, tablet, através de pens ou routers, esse valor aumentou para 29,9 GB ( mais 17,9% do que nos primeiros três meses de 2022).

A Anacom regista ainda que, no final de março de 2023, existiam cerca de 1,5 milhões de acessos móveis ativos afetos a M2M, num aumento de 9,7%. Estes acessos representavam 7,9% do total de acessos ativos.

Estima-se ainda que no final do 1.º trimestre de 2023, 12,1% dos utilizadores de serviços móveis e 16,3% dos utilizadores de Internet móvel utilizavam já redes móveis 5G. O número de utilizadores de Internet móvel 5G seria assim de 1,6 milhões.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados