Partilhe nas Redes Sociais

Primavera dá impulso ao Vinho do Porto

Publicado em 17 Março 2016 | 483 Visualizações

O exportador nacional de vinho do Porto Gran Cruz, que produz e vende a marca Porto Cruz comercializa uma média anual de 25 milhões de garrafas para mais de 50 mercados, apoiou-se na tecnologia para robustecer a sua estratégia de negócio.

 

«Perante um período difícil, transversal a todos os setores de atividade e ao nosso em particular, temos que ser mais eficientes no que respeita aos processos, criar dimensão interna e externa e investir para criar condições de competitividade», justifica Jorge Dias, diretor-geral da Gran Cruz.

 

Nesse contexto, a empresa assentou o negócio de produção e comercialização em tecnologia de gestão integrada desenvolvida pela Primavera BSS. Jorge Dias explica que esta decisão permite gerir e monitorizar todo o processo produtivo, desde a vinha até à saída das caves e a apurar as margens que o produto vai deixando ao longo de toda a cadeia. «Ajuda-nos também a ter um overview do negócio, o que é fundamental face à nossa dispersão geográfica», destaca o responsável.

 

O ERP Primavera sustenta a gestão centralizada do negócio desta empresa do setor vitivinícola, articulando numa única plataforma a gestão da relação com os cerca de três mil produtores, fornecedores e clientes, bem como a incorporação da informação proveniente dos diversos sistemas verticais, permitindo acompanhar todos os processos de negócio de forma única, desde o controlo da vindima, à rastreabilidade da matéria-prima, controlo de qualidade, gestão da produção, controlo logístico, faturação e gestão contabilística, comunicação com a Alfândega e integração com Instituto dos Vinhos do Porto e Douro. Com esta integração profunda de dados, o diretor-geral da Gran Cruz reconhece a obtenção de «maior capacidade de controlo financeiro, assim como uma visão global do negócio essencial no apoio à decisão».

 

Esta plataforma responde também à expansão crescente do negócio da Gran Cruz, que vive essencialmente do mercado externo, exportando atualmente mais de 90% da sua produção para mercados tão diversos como França, Espanha, Rússia ou Bélgica e pretende explorar de forma crescente o cada vez mais maduro mercado nacional, quer no campo do consumo quer no de enoturismo.

A implementação do ERP Primavera na Gran Cruz conta com o suporte da Unicódigo – Eng. e Tecnologias de Informação, Lda., entidade parceira da Primavera.


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados