Partilhe nas Redes Sociais

Primavera investe em contabilidade com nova solução automática

Publicado em 28 Junho 2017 | 622 Visualizações

A Primavera BSS desenhou uma solução para escritórios de contabilidade que tem como principal atrativo a automatização de processos, libertando o técnico de tarefas manuais de introdução dos dados. Chama-se Primavera Accounting Automation e inclui importadores que integram os dados do e-fatura, do SAF-T (PT) e da solução de faturação online Jasmin ou de outras aplicações.

A empresa portuguesa afirma que esta é a «primeira solução de software» com mecanismos que ajudam na organização interna do trabalho dos contabilistas, através de dashboards que ajudam a estruturar e acompanhar o estado da atividade mensal de cada técnico. A integração de documentos e a sua reconciliação passam a ser operações executadas automaticamente. A ideia é que o técnico dedique mais tempo a tarefas de valor acrescentado e estratégico, tais como consultoria e acompanhamento de gestão do cliente.

«Chegou o momento de viragem na rotina dos contabilistas», afirma o responsável pela área de contabilidade da Primavera, Pedro Coutinho. Segundo este responsável, «há uma nova era contabilística que é digital e na qual a agilidade é imperativa». O executivo aponta também para uma vantagem: como os dados são importados dos ficheiros de origem, evitam-se erros ou inconsistências.

A outra vertente da solução, que a Primavera está agora a lançar no mercado português, é a organização e controlo dos planos do escritório de contabilidade. A equipa de gestão poderá acompanhar, em tempo real, as atividades de cada trabalhador independentemente da sua localização geográfica. A Primavera promete «uma visão global sobre a atividade», melhorando também a gestão operacional através da associação de clientes a equipas de trabalho.

Para mostrar como funciona, a tecnológica nacional fez demos em eventos privados para cerca de 350 contabilistas em Lisboa e no Porto, na semana passada.

«É um veículo de modernidade, de transformação e de aceleração da atividade, em linha com a era digital que estamos a atravessar e que exige eficiência e produtividade», diz Pedro Coutinho. O responsável pela área de contabilidade da Primavera destaca que há ainda muito conservadorismo na contabilidade, existindo muito tratamento dos dados por via manual, mas esse é, na sua opinião «um cenário que pode ser alterado rapidamente».


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados