Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Programar para enriquecer o curriculum nas férias

Publicado em 24 Julho 2019 | 281 Visualizações

Code in Python, Code in Java, Code in C# e Code for Web (HTML+CSS+JavaScript) são os cursos que fazem parte do Coding Bootcamp da Rumos, que arranca já no dia 29 de julho e se prolonga até 30 de agosto.

Pensados para impulsionar novas oportunidades profissionais no mercado da programação, os cursos juntam conceitos teóricos com exercícios práticos para transmitir não só conhecimento, como também as técnicas e a confiança necessárias para a criação de um código funcional, eficiente e seguro.

Segundo explicou ao Ntech.news, Jorge Lopes, diretor Rumos, os formandos irão «imergir num curso intensivo hands-on, de uma semana, das 9h00 às 19h00, onde para além de aprenderem os conceitos teóricos de programação, irão ser desafiados a desenvolver exercícios práticos de resolução de problemas».

«…os formandos estarão reunidos nos centros de Lisboa e do Porto da Rumos e no final de uma semana imersiva e intensiva conseguirão programar por si só numa das linguagens mais procuradas no mercado.»

A inscrição é de 950 euros, com isenção de IVA para os alunos particulares. «Este Coding Bootcamp é realizado em regime full-time numa época habitual de férias de verão, dando assim a oportunidade aos participantes de dedicar uma semana das férias, sem comprometer a vida profissional ou académica, para aprender a programar. Das 9h00 às 19h00, os formandos estarão reunidos nos centros de Lisboa e do Porto da Rumos e no final de uma semana imersiva e intensiva conseguirão programar por si só numa das linguagens mais procuradas no mercado», afirma Jorge Lopes.

Jorge Lopes

À espera de casa cheia, este responsável relembra que as vagas são limitadas a 40 formandos e que são esperados vários perfis de alunos, desde pessoas interessadas que não têm qualquer background em programação e aproveitam esta oportunidade nas férias de verão para começar a aprender, até estudantes e profissionais já com conhecimentos em programação mas que precisam de desenvolver competências numa linguagem diferente. «Esperamos formandos com muita vontade de aprender programação, pois os cursos são realizados em regime intensivo, num curto espaço de tempo e, por isso, exigentes», destaca o diretor da Rumos.

No final, os participantes obterão um Certificado de frequência no Bootcamp e segundo Jorge Lopes, «conhecimentos e prática numa das linguagens de programação mais solicitadas no mercado atual que irá complementar e enriquecer o seu curriculum dando-lhe boas oportunidades para responder a novos desafios».


Publicado em:

Talento

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados