Partilhe nas Redes Sociais

Receitas eletrónicas substituem o papel

Publicado em 1 Abril 2016 | 4884 Visualizações

A partir de hoje, as receitas médicas em papel começam a dar lugar às eletrónicas no Serviço Nacional de Saúde. Segundo dados do Ministério da Saúde, até ao final do primeiro semestre deste ano, 80% de toda a prescrição de medicamentos deverá ser feita apenas via computador.

 

Na receita eletrónica, passa a ser distribuído um código de dispensa de medicamentos a que o utente pode aceder através de um e-mail, de sms ou pela área do cidadão na Plataforma de Dados da Saúde.

Recorrendo a este código de dispensa de medicamentos o  utente compra os fármacos, juntamente com o cartão do cidadão, sendo que os médicos devem estar autenticados e ter assinatura digital qualificada.

 

As receitas em papel vão continuar a ser permitidas apenas em casos excecionais e sempre que os centros de saúde não disponham de material informático para passar as eletrónicas.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados