Partilhe nas Redes Sociais

Sage disponibiliza validador para preenchimento do SAF-T

Publicado em 7 Julho 2017 | 1198 Visualizações

Josep Maria Raventós Sage Portugal

A fornecedora de sistemas de gestão e contabilidade Sage lançou um validador para ajudar no preenchimento do ficheiro SAF-T, o Sage E-Audytor. A ideia é que os empresários testem e validem a informação introduzida no ficheiro de auditoria para exportação de dados antes do envio à Autoridade Tributária.

O validador foi desenvolvido em parceria com a Petapilot e está disponível em ambiente cloud, permitindo a importação de ficheiros SAF-T a partir de qualquer software. Testa a estrutura e ajuda no preenchimento mensal por parte das empresas.

«Nos últimos meses temos trabalhado no desenvolvimento de ferramentas e na atualização das nossas soluções de acordo com esta nova obrigação fiscal, simplificando as tarefas dos nossos clientes no envio mensal desta informação à Autoridade Tributária», refere Josep María Raventós, country manager da Sage em Portugal. O responsável indica que o E-Audytor é fruto desse trabalho e descreve-o como numa ferramenta conectada e de fácil utilização, que irá facilitar uma tarefa obrigatória e importante para todas as empresas, garantindo assim que cumprem os novos requisitos legais.

A software house sublinha que a solução assegura o envio correto dos dados de faturação e contabilidade das empresa às autoridades competentes e tem uma vantagem adicional: simplifica os processos de auditoria interna da própria empresa, já que o acesso à informação fica sempre disponível através do navegador. O validador tem um dashboard de dados de negócio com indicadores financeiros e de vendas, o que deverá acelerar as tomadas de decisão. Em breve, a Sage pretende também lançar uma aplicação móvel com o mesmo conceito.

A fabricante aproveitou para lançar o validador numa altura em que acaba de entrar em vigor a nova versão do ficheiro SAF-T – o SAFT 1.04_01. Esta atualização irá obrigar mais de um milhão de empresas em Portugal a atualizar o seu software de gestão, de modo a evitarem eventuais coimas.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados