Partilhe nas Redes Sociais

Schneider Electric foca Innovation Summit em novidades EcoStruxure

Publicado em 6 Abril 2018 por Ntech.news - Ana Rita Guerra | 566 Visualizações

A plataforma interoperável EcoStruxure foi o grande foco do Innovation Summit, que a Schneider Electric organizou durante dois dias em Paris. A tecnológica reuniu cerca de cinco mil parceiros e analistas para mostrar o que há de novo na plataforma virada para IoT e plug and play, com promessas de maior segurança, fiabilidade, eficiência, sustentabilidade e conectividade.

De acordo com a Schneider Electric, desde o seu lançamento a EcoStruxure já foi implementada em 480 mil instalações. Durante o evento em Paris, a empresa anunciou três novidades de relevo: EcoStruxre Power, Building e Asset Advisor.

O primeiro caso é direcionado para a distribuição elétrica e pretende reforçar as competências de gestão energética dos clientes e melhorar a eficiência e fiabilidade operacional. Há várias novas aplicações para utilizadores, softwares de gestão de Edge Control e produtos conectados.

Na vertente Building, a plataforma desenhada para edifícios, há novas aplicações para utilizador (Building Advisor), uma nova app para Edge Control (Building Operation 2.0) e produtos de deteção (SmartX IP Controller MPx e SmartX Room Sensors).

O Asset Advisor, que fornece serviços de monitorização dos equipamentos, tem uma nova versão com sistema preditivo baseado na nuvem e em dados, de forma a garantir a continuidade do serviço na distribuição elétrica dos ativos críticos dos centros de dados.

«O mundo está em transformação a um ritmo sem precedentes motivado pelo boom da economia digital», disse Jean-Pascal Tricoire, CEO da Schneider Electric, durante o evento. «Tecnologias como a Internet of Things (IoT), inteligência artificial e as analíticas de big data estão a tornar as empresas mais eficientes e inovadoras, promovendo a sua vantagem competitiva», examinou. O executivo referiu que a empresa precisa de demonstrar que as suas inovações ajudam os clientes e parceiros a «implementar a transformação digital com sucesso na gestão de energia e automação.»

O evento de Paris foi o maior de sempre da Schneider Electric, mas a empresa organizou conferências paralelas em vários outros países. Na Expo Porte de Versailles, as discussões foram da redefinição da distribuição de energia à reinvenção de edifícios e houve um Innovation Hub com 5 mil metros quadrados onde estiveram em demonstração as soluções e serviços da tecnológica.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados