Partilhe nas Redes Sociais

PUB

GMV: Innovating solutions in Cybersecurity

Suse lança nova versão de armazenamento definido por software

Publicado em 11 Outubro 2017 por Ntech.news - Ana Rita Guerra | 68 Visualizações

SUSE Armazenamento

A redução de custos é o foco da nova solução de armazenamento definido por software da Suse, a Enterprise Storage 5. Os destaques vão para melhorias na performance, na gestão e novas capacidades de back-up disk-to-disk para clientes empresariais.

«A geração de inovação de infraestrutura empresarial é agora criada com base em open source», comentou sobre o lançamento Gerald Pfeifer, vice presidente de Produtos e Tecnologia da fabricante. O executivo refere que estas soluções são altamente escaláveis e «reduzem radicalmente os custos de armazenamento em termos de capital e custos operacionais.»

A ideia é dar às empresas mais flexibilidade e opções que não estão disponíveis nas aplicações tradicionais de armazenamento, capitalizando no poder do open source e com recurso a hardware padronizado. Os clientes poderão transformar as suas infraestruturas de armazenamento com base em software, algo que vai responder a uma procura no mercado.

É o que diz a Gartner num dos recentes relatórios sobre os “Cool Vendors” do mercado. «Tornou-se evidente que a procura de capacidade de armazenamento e as expectativas para um mais rápido fornecimento desse armazenamento ultrapassaram em muito a capacidade das equipas de infraestrutura e operações», escreveu a consultora. «São necessários sistemas mais automatizados para restaurar um sentido de equilíbrio, ou seja, soluções de armazenamento que proporcionam uma escala muito maior, mas também muito mais automação.»

A Enterprise Storage 5 baseia-se na versão Luminous do projeto open source Ceph e é dirigida a necessidades de conformidade, arquivo, backup e armazenamento de dados em larga escala.

As aplicações com grandes quantidades de dados incluem câmaras de videovigilância, CCTV, formação e presença online, streaming, raios-X, processamento sísmico, mapa genómico e design assistido por computador. No caso das aplicações de backup e arquivo, incluem-se o Veritas NetBackup, Commvault e Micro Focus Data Protector.

Segundo a fornecedora, o lançamento dará aos clientes a capacidade de servir ambientes que requerem níveis elevados de performance através do armazenamento de backend BlueStore. O Enterprise Storage 5 duplica a performance das versões anteriores e reduz a latência I/O.
Outra vertente é a possibilidade de libertar capacidade e reduzir a pegada dos dados via compressão de dados BlueStore-enabled.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados