Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Universidade Europeia lança 4ª edição da Pós-Graduação em Cibersegurança

Publicado em 21 Agosto 2019 por Ntech.news | 634 Visualizações

Nunca, como hoje, foi tão importante garantir um ambiente virtual seguro e confiável. Sem confiança, o futuro da economia digital e todo o seu potencial ilimitado estão ameaçados e todas as tentativas para abordar questões de cibersegurança, incluindo falhas da Internet, vulnerabilidades na Internet das Coisas (IoT), na identidade e na veracidade de dados não são suficientes para que indivíduos e empresas tirem o máximo partido das novas tecnologias em segurança.

A cibersegurança é muito mais do que uma questão de tecnologias ou soluções, é uma questão de formação, ou seja, de preparar as pessoas certas para garantirem a integridade dos ambientes online, criando um sentimento de confiança que garantirá a prosperidade dos negócios e das transações.

A confiança do futuro forma-se no presente

A pensar num presente com recursos preparados para gerir, prever e atuar sobre o cibercrime, com uma visão essencialmente estratégica sobre a transversalidade da segurança digital, a Universidade Europeia prepara-se para realizar a 4ª edição da Pós-Graduação em Cibersegurança.

O curso arranca em Outubro, tem uma duração de nove meses, e para além de uma componente puramente tecnológica, inclui certificações internacionais e uma terceira componente que trata de todas as questões relacionadas com o direito na cibersegurança.

Docentes que transmitem experiência

A coordenar a pós-graduação estará Jorge Cobra, que liderará uma equipa de docentes composta por quadros Superiores na área da segurança informática a desempenhar cargos na administração pública central, bem como em empresas privadas e estatais. “No final do curso, os formandos terão as competências técnicas necessárias para implementar Sistemas de Gestão na área da segurança de informação ISO 27001; fluência técnica em testes de penetração; Experiência em exercícios de Hacking; e conseguirão analisar ferramentas para avaliação de vulnerabilidades, código malicioso, ameaças e riscos cibernéticos, de forma a permitir a gestão dinâmica do risco», garante o coordenador.

Jorge Cobra, coordenador da Pós-Graduação em Cibersegurança da Universidade Europeia

A licenciatura não é obrigatória

Para fazer um upgrade na carreira e frequentar esta pós-graduação, os alunos terão apenas de possuír experiência profissional ou alguma formação na área da segurança informática. As licenciaturas em áreas afins são válidas, mas Jorge Cobra explica que a aptidão curricular para frequentar a pós-graduação em Cibersegurança da Universidade Europeia é «aferida por uma comissão técnica presidida pela coordenação do curso, não sendo obrigatório o candidato ser detentor de uma licenciatura».

Ainda assim, e de acordo com o que aconteceu nas últimas edições da pós-graduação, o coordenador identifica como formandos habituais neste tipo de curso quadros técnicos e especializados do sector público empresarial ou privado, quadros intermédios e superiores das estruturas do Estado e da Sociedade Civil, nomeadamente Oficiais das Forças Armadas e de Forças e Serviços de Segurança, Diplomatas, Gestores, Juristas, Magistrados, responsáveis por infraestruturas críticas, e demais interessados.

O que diferencia esta pós-graduação de outras?

  • Preparação para prestigiantes Certificações Internacionais
  • Distinto corpo docente e possibilidade de desenvolvimento de networking privilegiado.
  • Programa em parceria com reconhecidas e relevantes entidades diretamente ligadas às questões da cibersegurança em múltiplos contextos, nacionais e internacionais, públicos e privados.
  • Parceria com o Ministério da Defesa Nacional, Gabinete Nacional de Segurança, Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, entre outras.
  • Ganhar economias de escala; diversificar para novos negócios; internacionalizar-se ou ter acesso a novos mercados regionais;
  • Acesso a novas tecnologias; acesso a novas competências; acesso a capital intelectual; criação de valor acrescentado para negócios.

As inscrições estão abertas até ao inicio de outubro e podem ser encaminhadas para a Universidade.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados