Partilhe nas Redes Sociais

Vodafone ganha comunicações da CM Cascais e empresas municipais

Publicado em 29 Março 2017 | 962 Visualizações

É um projeto de grandes dimensões e desenhado à medida, que entrou em funcionamento no início do ano:

«A Câmara Municipal de Cascais representa mais um projeto de elevada amplitude e sofisticação para a área empresarial da Vodafone Portugal, reforçando assim o seu posicionamento neste segmento», congratula-se João Mendes Dias, responsável pela área empresarial da Vodafone Portugal. «A solução Vodafone One Net, que já contabiliza internacionalmente mais de cinco milhões de utilizadores, permitirá dotar o município de uma infraestrutura de comunicação de última geração», sublinha.

Além da Câmara, o projeto engloba as empresas municipais Cascais Próxima, Cascais Ambiente, Cascais Envolvente, Cascais Dinâmica, DNA Cascais, Associação São Francisco Assis e Fundação D. Luís I. Todos os sistemas foram migrados para a plataforma Vodafone One Net, que a fornecedora descreve como «uma central de comunicações completa, avançada, segura e flexível que integra na cloud o serviço fixo e móvel».

Entre as funcionalidades desta central de comunicações estão a integração de serviços de gestão de chamadas (por exemplo, filas de espera), de atendimento automático, de reencaminhamento e a transferência de chamadas, de numeração curta, de anúncio de ausência ou de período de encerramento das entidades do município. O ambiente integra telefone móvel, fixo, fax, tablet e PC. Como parte do contrato, a Vodafone tem uma equipa técnica preparada para ajudar as empresas municipais na gestão e configuração personalizada do One Net, a iTeam.

Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, diz que a iniciativa de migração resulta da intenção de liderar a transformação digital no sector público e nas cidades inteligentes – melhorando a sua eficiência e aumentando a qualidade do serviço aos munícipes. «A Câmara Municipal de Cascais adotou a solução One Net da Vodafone como solução de comunicações unificadas, o que lhe permitirá uma convergência fixo-móvel em todo o universo municipal, facilitando a comunicação entre todos os colaboradores e a redução dos custos de comunicações globais», referiu o responsável.

O contrato assenta na rede de fibra ótica de última geração da fornecedora e engloba serviços móveis e fixos, acessos à solução de central telefónica virtual, pacotes de triple play, aditivos de dados e outras tipologias de serviço.

Uma das vantagens para a CMC é que não foi necessário investir em hardware. A solução foi desenhada para ser flexível, configurável e escalável, diz a Vodafone. «Na prática, os colaboradores das diversas entidades da Câmara passam agora a ter acesso a todas as funcionalidades de uma central telefónica no seu telefone, móvel ou fixo, em qualquer lugar», resume a operadora.


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados