Partilhe nas Redes Sociais

Wayve: Startup que quer simplificar a condução autónoma ganha melhor pitch

Publicado em 8 Novembro 2018 por Cristina A. Ferreira - Ntech.news | 80 Visualizações

A Wayve ganhou o prémio do melhor pitch da Web Summit, que todos os anos distingue uma entre 170 startups, que ganham o direito mostrar-se no evento e apresentar o projeto a uma plateia recheada de investidores.  

A startup britânica está a desenvolver uma plataforma de software que pretende simplificar os requisitos de informação necessários para fazer circular um carro autónomo.

«A nossa abordagem permite que o carro conduza tirando apenas partido da compreensão daquilo que consegue ver» a cada momento, como faz hoje qualquer humano.  

«Acreditamos que o nosso sistema pode aprender a conduzir numa nova cidade com o mínimo de dados novos», explica a empresa no site oficial. Para isso, faz uso da inteligência artificial e de machine learning.

Na lista de finalistas ao prémio ficaram também a IvI5 e a FactMata. A lvl5 é uma startup norte-americana que pretende tirar partido da ubiquidade das câmaras que todos transportamos no bolso para trazer os carros autónomos para o mass market mais cedo.

As câmaras LIDAR, que os sistemas de condução autónoma usam para recolher imagem e dados sobre o que rodeia o veículo a cada momento são caras. A IvI5 quer tirar partido das câmaras que usamos todos os dias no telemóvel para recolher o mesmo tipo de informação, criando mapas em alta definição e está a desenvolver um serviço para operacionalizar a ideia e a plataforma que vai analisar e interpretar esses dados, com recurso a inteligência artificial.

Factmata é uma plataforma para combater o popular fenómeno das Fake News, que promete ajudar a detetar informações pouco consistentes, tirando partido também da inteligência artificial. Promete fazê-lo quase em tempo real e está a ser desenvolvida por uma empresa britânica.


Publicado em:

Startups

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados