Partilhe nas Redes Sociais

APED quer rápida implementação do 5G

Publicado em 15 Dezembro 2020 | 134 Visualizações

A Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) veio a publico apelar às entidades decisoras e reguladoras para assegurarem uma rápida implementação da tecnologia 5G em Portugal.

Esta iniciativa deverá ser vista como parte importante do esforço de recuperação do País e, em particular, do setor da Distribuição.

Recorde-se que neste momento que decorre a avaliação das candidaturas ao leilão das frequências de 5G, sendo que o calendário aponta para que as respetivas licenças sejam atribuídas no primeiro trimestre de 2021.

Nesse sentido, a APED deixa um repto a todas as entidades envolvidas para que este tema seja «devidamente encarado, com clareza e largo consenso, para o bem da economia, das empresas e dos cidadãos».

Gonçalo Lobo Xavier, diretor-geral da APED, sublinha que «a recuperação do País passa claramente pela economia digital, pela requalificação dos recursos humanos e pela digitalização dos processos».

O mesmo responsável diz ainda que «a tecnologia 5G é assim um imperativo para Portugal e para se criarem condições e estruturas que permitam esta transformação». Assim sendo, «são fundamentais medidas claras e uma estratégia digital» pelo que «a tecnologia 5G é essencial para a economia e para o setor da Distribuição em particular», conclui Gonçalo Lobo Xavier.

Para a APED, a implementação desta nova geração de telecomunicações é uma oportunidade para o país retomar o rumo de um ecossistema empresarial inovador e que permita a reclassificação dos recursos humanos e das atividades associadas ao retalho e à Distribuição, de que são exemplo a logística ou a produção nacional.


Publicado em:

Mobilidade

Etiquetado:

5GAPEDleilão

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados