Partilhe nas Redes Sociais

PUB

DXC vai dispensar 4.500 colaboradores

Publicado em 1 Junho 2020 | 289 Visualizações

As expectativas para a empresa resultante da fusão entre a CSC e a divisão de serviços empresariais da HP, a HPE, eram elevadas. Mas o percurso da companhia desde 2017 não tem sido fácil e chegou a hora de tomar medidas drásticas.

Mike Salvino, CEO da empresa, anunciou que a DXC vai dispensar 4.500 pessoas – cerca de 3,5% da sua força de trabalho – e simplificar a estrutura de gestão, para ganhar eficácia na abordagem ao cliente. O plano prevê um corte anual de custos na ordem dos 700 milhões de dólares, 550 milhões já este ano.

A DXC Technology estima que a complexidade do seu modelo de organização e a distância entre quem desenvolve as soluções e quem contacta diretamente com o cliente provocaram o desaparecimento de cerca de mil milhões de dólares em receitas no último ano fiscal da empresa e no atual terá um efeito semelhante.

«Não foram as tendências relacionadas com a nuvem que levaram os clientes a afastarem-se da DXC ou fizeram a nossa receita desaparecer. Pelo contrário, essa erosão deveu-se a uma entrega subotimizada e ao enfraquecimento da relação com o cliente», admite o responsável.

O CEO da empresa refere mesmo que este posicionamento complexo da DXC levou a empresa a perder clientes nos últimos 12 a 18 meses e obrigou a cortes de preços nos serviços, danos que vão continuar a sentir-se ainda nos próximos trimestres.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados