Partilhe nas Redes Sociais

Empresas estão a recorrer mais a sistemas de votação online baseados em blockchain

Publicado em 8 Setembro 2022 | 49 Visualizações

As votações online realizadas através de sistemas baseados em blockchain são uma opção cada vez mais usada pelas empresas. Mesmo depois de desaparecerem as limitações impostas pela pandemia, a utilização mantém-se ao mesmo nível, embora animada por novos intervenientes. 

Dados apurados pela Polys, uma plataforma de votações online, revelam que a educação (57%) continua a ser o sector que mais recorre a este tipo de ferramentas, mas as empresas assumiram a segunda posição neste ranking. As votações relacionadas com decisões de negócio passaram a representar 14% das votações eletrónicas em plataformas baseadas em blockchain este ano. No ano passado as empresas representavam apenas 7% deste universo. 

Este tipo de sondagens está a ser usado sobretudo para realizar eleições de direção, fazer nomeações ou eleger os vencedores de concursos empresariais, mas também para resolver questões relacionadas com o trabalho, como escolher a melhor atividade de formação de equipas, organizar uma conferência, ou escolher uma data de regresso ao escritório. 

A empresa apurou que a votação eletrónica está também a ser utilizada pelas empresas para recolher feedback dos funcionários sobre soluções e serviços, ou para recolher opiniões relacionadas com a melhoria de produtos e características.

Esta passou a ser também uma opção considerada por novos públicos, como a comunidade de jogos, que não tinha representatividade entre os utilizadores da Polys e que agora usa a plataforma para eleger comandantes, escolher os melhores jogadores, ou dar nomes às equipas.  


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados