Partilhe nas Redes Sociais

Estratégia digital das PME ainda é pouco madura

Publicado em 23 Julho 2018 por Ntech.news - Ana Rita Guerra | 403 Visualizações

As pequenas e médias empresas portuguesas estão em níveis de maturação diferentes no que toca à sua estratégia digital, mas o retrato global não é muito animador. De acordo com uma pesquisa conduzida pela PSE (Produtos e Serviços de Estatística), 26% das PME não tem sequer uma estratégia digital – ou seja, uma em cada quatro. A PSE refere que «as PME estão a perder muitas das vantagens que a economia digital tem para oferecer.»

Ao todo, 80% das PME encontra-se nos graus mais baixos de maturidade na utilização de canais sociais e digitais, tendo como objetivos a divulgação através de email, o uso do website como uma montra e aumentar a presença e visibilidade. Isto traduz-se na utilização ineficiente de canais, diz a PSE, com ações esporádicas e não sistemáticas de comunicação de eventos ou produtos, sem grandes objetivos de negócio e sem ferramentas para medir o retorno. Para as restantes 20%, estes meios servem para alargar a rede, abrir novos canais comerciais e integrar a tecnologia na organização.

Em termos mais concretos, 37% das empresas inquiridas ainda são principiantes, com ações esporádicas. 16% estão num nível elementar, com falta de recursos para ações concertadas, e 10% no estado intermédio, em que já usam mais canais. Feitas as contas, apenas 6% das PME se situam no estado avançado de maturidade, com 5% em fase proficiente – ou seja, com tecnologias sociais e digitais integradas nos processos de negócio.

A maioria tem uma estratégia desorganizada de comunicação via meios digitais e pouco pessoal capaz de fazer campanhas de forma sistemática e usar vários canais para ir ao encontro do mercado. Isto varia, no entanto, conforme o tamanho das empresas. As PME com maior número de empregados têm um nível de maturidade superior, porque apresentam melhor desempenho em duas dimensões: nos recursos humanos e na análise. A pesquisa da PSE foi feita junto de diretores, quadros superiores e técnicos de 1508 PME de seis grandes sectores de atividade, 44% das quais com menos de 10 trabalhadores.

Alguns sectores também são menos avançados que outros, como seria de esperar. Na fase rudimentar estão Agricultura e pescas (2%), construção (8%) e indústria e energia (29%). Na fase mais avançada estão os serviços (35%), comércio (23%) e outros (2%), este último composto por empresas da área da saúde, TI, software, eletrónica, telecomunicações, educação.

No que toca ao canal mais utilizado para campanhas de marketing, 91% ainda refere o email. E redes sociais? Mais de metade, 62%, nunca usou o Instagram; 73% não usa Twitter e 55% nunca usou YouTube.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados