Partilhe nas Redes Sociais

Experiência e comércio social ditam tendências num retalho cada vez mais atento ao digital

Publicado em 8 Novembro 2021 | 65 Visualizações

A tecnologia passou a ser um elemento-chave no sector do retalho, orientada a quatro vectores principais: expectativas do cliente, conveniência, contexto e propósito. As conclusões são de um estudo da XpandIT, que identifica ainda quatro grandes tendências no sector: personalização, sustentabilidade, experiência e comércio social. Esta última, refere-se à integração do comércio online com as redes sociais, de modo a que o consumidor possa concluir a compra nestas plataformas.    

A pesquisa sublinha que, num contexto em que lojas físicas e digitais se fundem num conceito que identifica como «phygital» , passou a ser crítico para o sector redefinir o conceito destes espaços presenciais, usando-os para melhorar a experiência do cliente e promover a integração com os pontos de contacto digitais. 

O estudo antecipa que o futuro será híbrido, para o sector do retalho, com os consumidores a procurarem cada vez mais experiências impactantes e conteúdo genuíno, quando estão online e offline. Aponta também para uma aposta crescente no digital, sobretudo nas áreas da experiência do cliente, automação e dados. 

«O sector do retalho foi marcado de forma muito vincada por tudo o que vivemos nos últimos anos e foi necessária uma grande aposta no digital para fazer face aos vários desafios que foram surgindo, defende Sérgio Viana, Partner & Digital Xperience Lead da Xpand IT. «O que acreditamos é que a tecnologia continuará a ser fundamental nesta nova fase, em que teremos de lidar com uma realidade muito diferente da anterior», acrescenta o mesmo responsável. 

A XpandIT tem levado a cabo estudos sectoriais desde 2019. Antes da pesquisa que agora lança sobre o retalho já tinha desenvolvido o mesmo tipo de sondagem para os sectores da banca e dos seguros. 


Publicado em:

Atualidade

Etiquetado:

estudopesquisaXpandIT

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados