Partilhe nas Redes Sociais

EY Portugal vai contratar 300 recém-licenciados

Publicado em 19 Novembro 2018 | 175 Visualizações

Nos últimos quatro anos a EY (Ernst & Young) tem reforçado o ritmo de novas contratações no mercado português e, em 2019, o plano é continuar na mesma linha.

A empresa divulgou uma nota de imprensa onde estima em 300 o número de novas contratações de jovens licenciados em Portugal no próximo ano. Business Intelligence, IoT, Ciber Security, Artificial Intelligence, Robotics e Blockchain estão entre as áreas onde a empresa quer reforçar recursos.

«Ao longo dos próximos meses e apostando na diversidade, a EY irá identificar os melhores talentos do país, não só das áreas de Finanças e de Gestão, como também de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática», detalha a empresa na mesma nota, acrescentando que ao longo do último ano, a estratégia de contratação da multinacional já privilegiou as chamadas STEM, com 27% dos recém-mestres contratados a virem destas áreas.

«A revolução tecnológica que estamos a viver pressupõe a existência de equipas multidisciplinares e é por este motivo que estamos a intensificar a contratação de new graduates com diversos backgrounds técnicos e científicos», justifica Margarida Dias, diretora da Talent Team da EY Portugal.

A EY garante que já está a recrutar e explica que conduz o processo com o objetivo de  «avaliar um conjunto alargado de estudantes, de uma forma rápida mas sem abdicar do rigor, profundidade e exigência dessa avaliação».

Apoiada nesta metodologia, a empresa de serviços empresariais, onde se destacam a consultoria, auditoria, fiscalidade e outros tem identificado cerca de 600 perfis por ano, onde valoriza o sucesso académico dos candidatos e «um set robusto de competências pessoais», garante.


Publicado em:

Talento

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados