Partilhe nas Redes Sociais

Innowave cria hub tecnológico em Beja que vai gerar 50 empregos

Publicado em 16 Dezembro 2021 | 506 Visualizações

Tiago Gonçalves

A Innowave inaugurou um hub tecnológico em Beja, que vai trabalhar nas áreas da cibersegurança e da Internet of Things (IoT). A nova estrutura vai implicar novas contratações e a empresa estima reforçar a equipa com 50 novos colaboradores durante os próximos três anos, para responder às necessidades deste novo centro tecnológico. 

A aposta resulta de uma colaboração com o Politécnico de Beja, com a Associação Empresarial do Baixo Alentejo e com a Câmara Municipal de Beja e vai dedicar-se a atividades de R&D, aplicadas ao desenvolvimento de produtos e soluções. Vai também  incorporar os projetos e soluções da Dark Clarity e da ViGIE do grupo InnoWave, a primeira dedicada à cibersegurança e a segunda ao IoT.

«Este novo mundo do IoT, potenciado pela Cloud, pela inteligência artificial e pelo 5G, abre possibilidades inimagináveis, mas leva também ao aparecimento de riscos significativos em termos de segurança. A ligação entre o IoT e a cibersegurança é indissociável», defende Tiago Gonçalves, CEO da InnoWave.

Como sublinha o responsável, esta evolução torna cada vez mais relevante que o «tema da  cibersegurança esteja presente desde a conceção das soluções e ao longo de todo o seu ciclo de vida». 

Em comunicado, a Innowave justifica a escolha de Beja, com o facto do Politécnico da capital do baixo alentejo ter o melhor mestrado em cibersegurança do país «um fantástico mestrado focado na componente Ofensiva e outro em Internet of Things», refere Tiago Gonçalves. A empresa refere também a vontade de se aproximar da academia, reconhecendo que boa parte dos projetos inovadores conduzidos por startups nascem no seio de universidades. 


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados