Partilhe nas Redes Sociais

ManageEngine prevê duplicar crescimento em Portugal

Publicado em 24 Outubro 2018 por Ana Rita Guerra | 106 Visualizações

A empresa de gestão de TI ManageEngine está a reforçar a estratégia em Portugal e conta crescer 100% durante os próximos doze meses, operando em parceria com a IREO Soluciones y Servicios. O mercado português será alvo de «investimentos em programas de treino e certificação de parceiros», dando apoio ao trabalho da IREO e a sua rede de revendedores. A ManageEngine está também à procura de novos revendedores com experiência em gestão de TI para melhorar os serviços e o suporte prestados.

Neste momento, a especialista tem cerca de 100 clientes no mercado nacional.

«Os nossos esforços crescentes em Portugal serão uma grande vantagem para as empresas da região que tenham o desejo de melhorar a sua resiliência, alavancando as TI», adianta Sridhar Iyengar, vice-presidente da M Europe. O responsável afirma que o papel da transformação digital «é simplificar processos e aumentar a produtividade para as organizações de todos os tamanhos», um processo em que «a tecnologia não deve ser um tema caro e complexo» mas sim agir como um catalisador dos negócios.

O que a ManageEngine se propõe fazer é resolver «a desconexão do negócio de TI» que se gera dentro das empresas por causa da utilização de soluções de gestão de vários fornecedores, funcionalmente separadas umas das outras e isoladas do resto da organização. É um problema clássico que torna mais lenta a prossecução de novas oportunidades de negócio e acaba por afetar a produtividade.

A empresa oferece mais de 90 aplicações de gestão de TI e ferramentas gratuitas, que incluem inteligência artificial, bots e aprendizagem de máquina. «O pacote de produtos oferece tudo que um departamento de TI português precisa para gerir todos os aspetos da gestão de serviços e operações de TI, desde redes e servidores, a aplicações, Active Directory, segurança, análise, desktops e dispositivos móveis», diz a empresa.

Há ainda um foco nas questões da segurança e conformidade associadas ao salto para a nuvem nos processos de transformação digital, bem como uma versão freemium dos produtos – uma forma de se concentrar em startups e pequenas empresas, segundo a ManageEngine.


Publicado em:

Negócios

Etiquetado:

GestãoManageEngineTI

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados