Partilhe nas Redes Sociais

Microsoft e Oracle anunciam interoperabilidade na cloud

Publicado em 5 Junho 2019 | 139 Visualizações

cloud

As duas empresas vão passar a assegurar a interoperabilidade das respetivas clouds ao nível da rede, no que se refere a processos de autenticação e gestão de identidades e no suporte à implementação de aplicações. Estas são boas notícias para os clientes de ambas as tecnologias, que passam a poder migrar e executar cargas de trabalho críticas tanto na cloud da Oracle como em Azure.

«Graças a esta parceria, as empresas podem, a partir de agora, ligar de forma simples os serviços Azure – como as ferramentas de análise e de IA, aos serviços da Oracle Cloud – tais como a Oracle Autonomous Database», explica a Oracle numa nota de imprensa.

Em consequência do acordo, fica garantida a conectividade direta de rede entre as duas nuvens, sem penalizar a disponibilidade dos serviços de apoio e suporte que cada plataforma disponibiliza aos clientes.   

As empresas sublinham que a quebra de barreiras entre as duas tecnologias é também uma porta aberta à configuração de novos cenários e de ambientes que tirem partido do melhor de ambas as tecnologias.

Um dos exemplos avançados, é a possibilidade de executar a Oracle E-Business Suite ou a Oracle JD Edwards em Azure, mas a Oracle dá mais detalhes dos resultados práticos desta aliança e alguma informação sobre o roadmap previsto.

Para os clientes na América do Norte a partir desta quarta-feira, 6 de junho, passa a ser possível ligar Azure e Oracle Cloud e alargar centros de dados locais a ambas as nuvens, sem constrangimentos. Uma possibilidade que vai expandir-se entretanto a outras regiões do globo. Também já é possível fazer uma gestão unificada de identidades e acessos, através de um login único, para gerir recursos em Azure e Oracle Cloud, acrescenta a empresa.  

«Há várias décadas que a Oracle e a Microsoft respondem às necessidades dos seus clientes. Esta parceria capacita os nossos clientes comuns para procederem à migração de todas as aplicações que já possuem para a cloud, sem terem que redesenhar nada, e salvaguardando os grandes investimentos que já tenham realizado», Don Johnson, vice-presidente executivo da Oracle Cloud Infrastructure.


Publicado em:

Atualidade

Etiquetado:

CloudOracle

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados