Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Milestone evolui e prepara clientes para os contextos de transformação digital

Publicado em 16 Outubro 2019 por Luísa Dâmaso | 445 Visualizações

Ajudar os clientes a explorarem o melhor das tecnologias de informação em proveito do seu negócio, fornecendo-lhes os recursos técnicos e humanos mais especializados, é e continua a ser o compromisso da Milestone numa altura em que os contextos de transformação digital estão a ser definidos no seio das empresas.

Quase a completar uma década de existência, a tecnológica portuguesa tem incrementado o seu volume de negócios de forma sustentável, procurando equilibrar uma operação amadurecida nas áreas de SAP e Microsoft com o desbravamento de outras áreas de negócio que, entretanto, foi acrescentando a sua oferta, nomeadamente com parcerias estabelecidas com a Qlik, a Cisco ou a Dell, entre outras. «Quando identificamos novas necessidades reforçamos o nosso portefólio com essas ofertas», sustenta Miguel Machado, administrador e corporate director da Milestone.

A juntar a esta equação, o responsável refere o sucesso que a sua equipa tem procurado replicar além-fronteiras, nomeadamente com as operações que iniciaram a partir de 2014 na América Latina e na Suíça, representando já 10 a 15% da faturação global da companhia que no último ano rondou os 6,5 milhões de euros.

«O nosso objetivo é sermos vistos pelo mercado como uma one-stop shop»

Para 2020 os planos passam por superar, numa média de 20% este valor, à semelhança do que tem acontecido nos exercícios anteriores. Como o pretendem fazer é simples, renovando-se para «corresponder aos contextos digitais atuais», afirma Juliana Ribeiro, gestora de Marketing da Milestone. Segundo esta responsável, a nova imagem e logo procuram isso mesmo o equilíbrio com a modernidade associada à economia digital, transmitindo uma «proximidade relacional».,

Uma oferta de tecnologia e serviços integrada e focada no crescimento

Para concretizar este objetivo, no último ano a equipa de gestão da Milestone procedeu a uma reorganização interna para implementar uma nova abordagem comercial, que olhe para todas as áreas de negócio de forma integrada e que as posicione no mercado de forma a que correspondam às reais necessidades dos clientes. Esta abordagem comercial desenha-se sobre cinco pilares de negócio: Business Operations; Performance & Analytics; Maintenance & Support; Infrastructure Solutions e Talent Solutions. «O nosso objetivo é sermos vistos pelo mercado como uma one-stop shop», destaca Miguel Machado.

Na senda do reforço da oferta que disponibilizam, nomeadamente através de novas parcerias, este responsável anuncia a concretização de um acordo com a Google, que desde setembro lhe permite vender produtos e serviços Google Cloud Platform e assim alinhar estrategicamente as suas ofertas tecnológicas com as crescentes necessidades de melhor suporte e migração de sistemas e de  bases de dados dos clientes que procuram evoluir as suas infraestruturas aplicacionais, nomeadamente para S4/Hana.

«Na Milestone temos uma política de partilha de conhecimento e apostamos numa formação mista com o objetivo de expor os colaboradores a novas experiências»

O negócio SAP representa o grosso da facturação da Milestone, cerca de 50 a 60%, sendo também a área de serviços que mais absorve os recursos da equipa.

Competências certas são enablers de negócio

Com a internacionalização a consolidar-se e o negócio nearshore a afirmar-se por terras de nuestros hermanos, Miguel Machado afirma seguro que é possível continuar a crescer em Portugal, haja para isso «as competências certas para endereçar as muitas oportunidades».

«Temos de ser competitivos e garantir a satisfação das equipas», sublinha Miguel Machado. O talento é um ponto elementar para garantir o crescimento. Recrutar e reter talento são desafios que a Milestone tem procurado superar motivando e diversificando os perfis que integra na sua equipa, não só ao nível de competências, mas também de género, integrando 40% mulheres. Atualmente a empresa conta com 130 consultores, e prevê contratar mais 10 até ao final do ano. A idade média dos recursos ronda os 35 anos. «Na Milestone temos uma política de partilha de conhecimento e apostamos numa formação mista com o objetivo de expor os colaboradores a novas experiências», revela Liliana Silva, diretora de recursos humanos da tecnológica. Na Milestone o programa de formação inclui cerca de 3300 horas dedicadas ao treino em diferentes áreas que vão desde a cultura de feedback, passando por formações de inteligência emocional e mindfulness.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados