Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Novos chips móveis da Intel reforçam aposta na conectividade

Publicado em 31 Agosto 2018 | 99 Visualizações

A Intel atualizou a sua linha de processadores móveis de 8ª geração, em duas famílias de chips: Whiskey Lake e Amber Lake, que integram, respetivamente, as séries U e Y e que partilham a mesma arquitetura de 14 nanómetros, Kaby Lake Refresh.

A série U (15W) está direcionada para equipamentos de gama média, enquanto a série Y (5W), que não era atualizada desde 2016, tem processadores desenhados para dispositivos mais finos e leves. Além das melhorias ao nível da velocidade, os novos processadores destacam-se por garantir mais opções ao nível da conectividade.

Os novos Whiskey Lake têm suporte para redes Wi-Fi Gigabit (802.11ac 2×2) e também prometem melhor integração com assistentes de voz. A autonomia foi outra prioridade da fabricante, que garante 16 horas de funcionamento dos portáteis utilizadores dos novos chips, sem terem de ser ligados a uma tomada.

No total foram apresentados pela empresa três chips Whiskey Lake (serie U) com GPU Intel UHD 620, suporte para memórias LPDDR3 até 2.133 MHz, ou DDR4 até 2.400 MHz. Há neste leque um processador de quatro núcleos, com uma frequência de 2,1 GHz e cache de 4 MB e dois processadores de oito núcleos com caches de 6 e 8 MB e velocidade de relógio de 1,6 e 1,8 GHz.

Na série Y (Amber Lake) está garantido o suporte a memórias LPDDR3 até 1.866 MHz. O GPU é igual ao da série U. Os três modelos são de dois núcleos e também partilham a cache de 4 MB, com frequências que vão de 1,1 a 1,5 GHz.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados