Partilhe nas Redes Sociais

Opensoft quer contratar 30 engenheiros após crescimento recorde em 2017

Publicado em 21 Março 2018 | 299 Visualizações

Resultados BI4ALL

A software house portuguesa apresentou as contas de 2017 e revelou ter atingido um volume de negócios de 5 milhões de euros no período, número que representa um recorde e um crescimento de 25%, face ao ano anterior, sublinha a empresa, que este ano pretende continuar a crescer e que quer suportar essa expansão na contratação de 30 novos engenheiros de software.

Em comunicado, a Opensoft sublinha o impacto da angariação de novos clientes na área da banca e da Administração Pública, ao longo do ano passado, e elege-a como um dos motores de crescimento no ano em análise.

Em concreto, a empresa destaca os projetos de recolha e tratamento de grandes volumes de informação de modo automatizado, mas também refere projetos no domínio da consultoria tecnológica e apoio aos clientes no desenho e implementação de soluções adequadas às necessidades concretas do negócio.

2017 ficou também marcado pelo lançamento de uma nova framework open source pela Opensoft, o Lightweightform, que agiliza a construção de formulários complexos e que também é destacada por José Vilarinho, CEO da tecnológica, com um dos aspetos a sublinhar no exercício em análise.

«É a primeira vez que alcançamos o marco dos 5 milhões de euros, pelo que estes resultados superam o que tínhamos previsto para 2017», admite o responsável, juntando à angariação de novos clientes mais dois fatores que terão contribuído para o crescimento do negócio no ano passado: alterações à forma de fazer negócio e a aposta no desenvolvimento dos recursos humanos, com a formação e certificação de recursos internos.

Para 2018, a Opensoft promete novidades e José Vilarinho adianta já que a companhia está a «preparar o lançamento de uma nova solução tecnológica para as instituições públicas da área tributária, focada no combate à fraude e evasão fiscal». Garante o responsável, que esta ferramenta «será um fator chave para a concretização de oportunidades de negócio no mercado internacional».


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados