Partilhe nas Redes Sociais

Portugal sobe sete posições em ranking internacional de talento

Publicado em 26 Novembro 2018 | 118 Visualizações

Portugal avançou sete posições no ranking World Talent Ranking 2018, passando a posicionar-se na 17ª posição da tabela, que avalia o tema em 63 países. O reforço da posição nacional no estudo deve-se a melhorias significativas em duas áreas distintas: preparação, onde se registou uma subida de nove posições até ao 22º lugar da tabela e capacidade de atrair talento, onde o país avançou sete posições.

No terceiro item avaliado neste estudo, aquele em que Portugal garante uma classificação mais interessante manteve a posição face ano passado. Trata-se do indicador que mede o investimento e desenvolvimento do talento no país, onde Portugal continua a surgir na 7ª posição.  

Nesta edição de 2018 do World Talent Ranking, os países europeus destacam-se na capacidade de desenvolver, atrair e reter talento, dominando os lugares cimeiros da tabela. Só o Canadá, 5º da tabela, garante um lugar no top 10. É precedido pela Suiça, que lidera, pela Dinamarca, Noruega e Áustria.   

Em comum, os países que obtêm melhores resultados na pesquisa investem em força na educação e a sua qualidade de vida. «Não existe nenhum país no mundo que tenha conseguido um desenvolvimento sustentável sem preservar a prosperidade da sua própria população», sublinha Artur Bris, diretor do Centro de Competitividade Mundial do IMD (International Institute for Management Development), que desenvolve a pesquisa.

Em Portugal, o instituto teve a colaboração da Porto Business School, que ajudou a medir o desempenho do país nas três categorias que o estudo avalia: investimento e desenvolvimento do talento local; atratividade e aptidão/nível de preparação do país.


Publicado em:

Talento

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados