Partilhe nas Redes Sociais

Science4you recruta para Lisboa e Porto

Publicado em 6 Setembro 2017 por Ana Rita Guerra | 566 Visualizações

A empresa portuguesa Science4you vai contratar 300 trabalhadores até dezembro, com o objetivo de preparar o aumento das vendas associado com o Natal. Segundo explica o CEO, Miguel Pina Martins ao Ntech.news, a empresa de brinquedos científicos procura «pessoas com espirito empreendedor e que estejam motivadas para ajudar a Science4you no seu processo de crescimento e expansão internacional».

Destes 300 trabalhadores sazonais, a empresa conta reter um terço nos seus quadros após o fim da época natalícia, que representa cerca de 70% da sua faturação anual. As contratações serão para Lisboa e Porto – para o escritório, fábrica no MARL e lojas.

Este é um aumento significativo dos recursos humanos da Science4you, que tem 15 engenheiros a desenvolver os seus produtos. A empresa deverá terminar o ano com 660 trabalhadores espalhados por Lisboa, Porto, Madrid, Londres e a fábrica em Loures.

«Prevemos que no final do ano 60% das nossas vendas sejam provenientes de mercados internacionais», indica Miguel Pina Martins. A empresa está agora a expandir a sua fábrica, que passará a ocupar um total de 16 mil metros quadrados, e antecipa uma faturação anual de 23 milhões de euros em 2017.

Um dos objetivos do executivo é reforçar o número de lojas próprias na Península Ibérica, com a adição de 32 novas lojas em Portugal e mais 7 em Espanha. «A contratação sazonal de colaboradores na Science4you é habitual desde o início da empresa, pois trata-se de um negócio com maior incidência nos últimos meses do ano, e que requer assim um reforço no número de profissionais, em diversas áreas da empresa», adianta o CEO.

Este ano, a Science4you também anunciou a entrada em dez novos mercados – Marrocos, República Dominicana, Letónia, Estónia, Eslovénia, Croácia, Sérvia, Taiwan, Rússia e Bielorrússia. Os brinquedos científicos desenhados em Portugal são agora vendidos em cerca de 40 países.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados