Partilhe nas Redes Sociais

PUB

GMV: Innovating solutions in Cybersecurity

Sendys apresenta software de gestão cloud em Moçambique

Publicado em 15 Setembro 2017 por Ntech.news | 637 Visualizações

O grupo Sendys levou à Feira Internacional de Maputo (FACIM) o seu software de gestão baseado na nuvem, Masterway. A tecnológica portuguesa quer capitalizar no aumento da procura por soluções especializadas e mobilidade que está a verificar-se em Moçambique, num contexto em que surgem novos modelos de negócio.

A ideia é que as empresas que operam no mercado moçambicano possam fazer uma gestão digital online dos seus negócios, ao usar a solução que integra gestão comercial, contabilidade e CRM. O Masterway promete simplificar processos e modelos organizacionais e oferecer centralidade na informação. É uma abordagem de modernização com o potencial de economizar recursos e gerar maiores eficiências.

«O Masterway é a solução que os empresários moçambicanos ambicionam para os novos desafios que se colocam à economia do país», avalia Fernando Amaral, chairman do Sendys Group. «Se tivermos ainda em atenção que, segundo dados referentes a 2016, num total de quase 150 economias, Moçambique ocupa o 84º lugar no ‘Índice Global de Inovação’ e está em grande crescimento no que se refere ao uso de tecnologias de informação e comunicação, percebemos que o futuro passa, também aqui, pela cloud.»

O grupo liderado por Fernando Amaral tem duas outras empresas a operar em Moçambique, a Seal Moz Systems e a Sort Consulting – a mais antiga software house moçambicana. A presença na FACIM foi uma forma de investir na internacionalização de outra marca do grupo. Trata-se da maior feira internacional de Moçambique, que obteve um total de 80 mil visitantes. O Sendys Group partilhou o Pavilhão de Portugal com a Alidata e a Sendys, e também esteve em representação da Seal Moz, que tem sede em Maputo.

Além dos objetivos de negócio, o grupo diz querer também contribuir para o desenvolvimento de Moçambique e promover o seu crescimento económico, promovendo a modernização das empresas através da tecnologia.

Fernando Amaral nota que já se sente o mercado a ficar mais confiante para enfrentar os desafios da economia nacional e internacional, e que a presença na FACIM foi importante para o «alargamento da rede de contactos e de novas oportunidades».

 

 


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados