Partilhe nas Redes Sociais

Software AG bem posicionada para apoiar empresas nos projetos IoT

Publicado em 2 Abril 2018 por Ntech.news - Luísa Dâmaso | 588 Visualizações

Numa altura em que as aplicações IoT estão a ganhar protagonismo e o mercado promete boas margens de crescimento para os fornecedores que prevejam as funcionalidades IoT no seu desenvolvimento aplicacional, a Software AG viu a sua plataforma de IoT, Cumulocity IoT, ser destacada no relatório da MachNation – «MachNation 2018 IoT Application Enablement Scorecard», como a aplicação mais aberta e interoperável, entre um conjunto de outras soluções, destacando-se também ao nível da segurança.

«A internet das coisas está mais viva que nunca e a Software AG continua na liderança mundial da mesma, ao facilitar a entrada dos seus clientes nesta nova era tecnológica», afirma Manuel Chaves, managing director da Software AG Portugal.

A plataforma Cumulocity IoT propõe-se a acelerar a adopção de IoT pelas empresas, garantindo a operação em ambientes cloud, on premise e de edge computing, onde são exigidas maiores cargas de processamento.  Bernd Gross, vice-presidente de IoT e Cloud da Software AG destacou que a Cumulocity IoT permite que as empresas iniciem projetos IoT de forma gradual e na cloud, e à medida que a complexidade for aumentando escalarem as suas soluções. «As empresas podem desenvolver e implementar serviços IoT de forma equilibrada, no que toca ao risco e à ambição, ao ritmo que desejarem», assegura o responsável.

Entre os clientes da Cumulocity IoT contam-se a Deutsche Telekom, a Dürr, a Gardner Denver, a Octo Telematics, a NTT Communications, o Unlimit by Reliance Group, a Zeiss, entre outras.

O scorecard da MachNation contém vários quadrantes e matrizes que ajudam a avaliar o ecossistema de plataformas IoT disponíveis no mercado, classificando os fornecedores em 15 diferentes critérios, incluindo o foco do fornecedor, os modelos de implementação, a inovação, as parcerias e a estratégia do fornecedor, tópicos chave que Dima Tokar, cofundador e head analyst da MachNation, garante serem de análise obrigatória pelas as empresas, que estejam a ponderar avançar com projetos IoT, para que as suas expetativas não sofram um revés. De acordo com este responsável, a utilização das aplicações de desenvolvimento acertadas permitirá «acelerar o time-to-market, garantindo uma oferta de alta qualidade, confiável e segura, e permite às empresas criar uma forte vantagem competitiva no mercado em que atuam».

De acordo com os dados da MachNation, as receitas com a IoT deverão crescer 89% em 2018, rondando os 3,3 biliões de dólares. Os setores, automóvel, a indústria, a logística, as cidades inteligentes e as utilities estarão entre os grandes clientes destas tecnologias.

 


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados