Partilhe nas Redes Sociais

Trojans bancários afetam cada vez mais empresas

Publicado em 23 Abril 2020 | 404 Visualizações

Os trojans bancários continuam a ser uma ameaça informática para levar a sério, não só por utilizadores individuais mas também por empresas. Ainda que o número total destes eventos tenha diminuído em 2019, em alguns segmentos do mercado o risco está a aumentar.

A Kaspersky divulgou que entre os quase 774 mil utilizadores de soluções de segurança da empresa russa que no ano passado foram atacados por trojans bancários, mais de um terço (35,1%) foram empresas.

O número representa um aumento importante face aos dados apurados para os três anos anteriores, em que as vítimas empresariais deste tipo de esquema representavam entre 24 e 25% do total.

Para a empresa de segurança esta aposta crescente nas empresas explica-se porque os «ataques ao sector B2B não só dão acesso às contas bancárias ou aos sistemas de pagamento, como também podem comprometer os próprios recursos financeiros de uma empresa, através da exposição dos colaboradores», defende a Kaspersky.

Especificando um pouco mais os dados recolhidos, a Kaspersky revela também que ao longo do ano passado a percentagem de phishing financeiro detetado pelos seus sistemas cresceu, passando de 44,7% para 51,4% da amostra e também informa que quase uma em cada três tentativas de visita a uma página de phishing bloqueada pelos seus produtos estava relacionada com phishing financeiro (27%).


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados