Partilhe nas Redes Sociais

Vendas de robots valeram 16,5 mil milhões de dólares em 2018

Publicado em 23 Setembro 2019 | 649 Visualizações

No ano passado foram vendidos 422 mil robots a nível mundial, mais 6% que no ano anterior, fazendo disparar o volume de vendas deste tipo de equipamentos para os 16,5 mil milhões de dólares (cerca de 14,5 mil milhões de euros.   

Os números são da International Federation of Robotics e também revelam que este ano o ritmo de chegada ao mercado de novos robots deve abrandar, para voltar a acelerar entre 2020 e 2022, e atingir um crescimento anual de 12%. 

A área de serviços profissionais, onde se incluem os veículos guiados autónomos para a área da logística, foi aquela que mais peso teve e gerou uma faturação de 9,2 mil milhões de dólares em 2018, num crescimento de 32%. Aliás, os robots que facilitam tarefas em armazéns representaram 41% de todas as unidades vendidas.

Os robots criados para prestar serviços, em ambiente doméstico, como os aspiradores inteligentes, também ganharam expressão, com as vendas a crescerem 15% no ano passado, para 3,7 mil milhões de dólares. 

No domínio dos robots industriais, o estudo mostra que a Ásia mantém a liderança, no que se refere ao número de instalações, embora no ano passado só o Japão tenha aumentado o número destes instalações. Na Europa, a segunda região do mundo neste “campeonato” o ano foi mais animado, com o número de instalações a crescer 14%.  

O mercado automóvel tem sido um dos grandes dinamizadores de vendas de sistemas robóticos na indústria, sobretudo em cinco mercados, que concentram 80% das instalações. São eles: China, Japão, Alemanha, Estados Unidos, República da Coreia. 


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados