Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Vodafone Portugal cresce no negócio fixo

Publicado em 12 Maio 2020 | 100 Visualizações

A Vodafone Portugal encerrou o ultimo ano fiscal (compreendido entre 1 de abril de 2019 e 31 de março de 2020) com um crescimento no negócio fixo mas a estabilização do segmento móvel.

Em comunicado, a operadora explica ainda que as receitas de serviços aumentaram 5,5% face ao ano anterior, ascendendo a 985 milhões de euros. Nesse sentido, a Vodafone Portugal completa quatro anos e meio de crescimento sustentado neste segmento, possível devido «a uma estratégia de avultados investimentos e de diversificação do negócio implementada no decurso dos últimos anos».

No mesmo período, as receitas totais cresceram 5,3% numa base Year on Year (YoY), totalizando 1.082 milhões de euros.

A base de clientes do serviço fixo continua a aumentar, atingindo 749 mil no final de março de 2020, dos quais 679 mil são clientes de TV (+10,6% YoY); já os clientes de banda larga totalizam 743 mil (+9,7% YoY).

No decurso do último exercício, a Vodafone Portugal continuou a expandir a cobertura do seu serviço fixo e chega hoje «a mais de 3,4 milhões de lares e empresas«.

No que diz respeito ao segmento móvel, o número de clientes atingiu perto de 4,7 milhões no final de março «e foi objeto de investimentos que visaram a preparação da chegada da rede móvel do futuro».

A pandemia COVID-19 «deixou mais claro do que nunca como as comunicações fazem parte da coluna vertebral do País». Assim sendo, a empresa assegura ter sido capaz de tem sido capaz de dar resposta às acrescidas necessidades de conectividade, «de forma a garantir o pleno funcionamento das comunicações das famílias, das Empresas, das Instituições diretamente envolvidas na resposta a esta crise, sobretudo das áreas da Saúde e Educação, e dos Organismos do Estado», defendeu Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal.


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados