Partilhe nas Redes Sociais

PUB

DreamLab é a app que ajuda a acelerar investigação no combate ao COVID-19

Publicado em 30 Abril 2020 | 350 Visualizações

Os portugueses já podem ajudar os cientistas do Imperial College London a acelerar a sua investigação sobre o tratamento do COVID-19, através da utilização da app DreamLab.

Trata-se de uma aplicação móvel gratuita que junta inteligência artificial e o poder de processamento dos smartphones, criando um supercomputador virtual com capacidade para analisar milhões de dados, enquanto estamos a dormir. 

A DreamLab foi desenvolvida pela Fundação Vodafone Austrália há três anos atrás para facilitar a investigação contra o cancro. O algoritmo foi agora reprogramado para passar a poder ser utilizado no combate ao COVID-19 em vários países onde a Vodafone está presente.

A grande mais-valia desta aplicação «é a rapidez e a facilidade no processamento da enorme quantidade de informação que existe na comunidade científica», diz a própria Vodafone.

Enquanto que um computador ligado 24 horas por dia levaria décadas a processar estes dados, uma rede de 100 mil smartphones, com a aplicação ativa durante a noite, «consegue realizar o mesmo trabalho em apenas dois meses».

O objetivo deste projeto de investigação ligado ao COVID-19 passa por, numa primeira fase, identificar medicamentos e moléculas dos alimentos com propriedades antivirais. Concluída esta recolha, pretende-se otimizar a combinação entre estes medicamentos e os alimentos, de forma a melhorar a sua eficácia no tratamento do coronavírus.

A aplicação DreamLab em Portugal, «usa o poder de computação coletivo dos smartphones para ajudar a acelerar a investigação na área da saúde, nomeadamente no cancro e no coronavírus», afirma Mário Vaz. O presidente e CEO da Vodafone Portugal e Presidente da Fundação Vodafone Portugal acredita que “este é o verdadeiro exemplo de como a tecnologia pode ser usada para melhorar a vida das pessoas, e mais relevante se torna quando todos podem dar o seu contributo».

A app pode ser usada em todas as redes, recomendando-se a utilização do wi-fi, sendo que os clientes Vodafone não serão taxados pelos dados móveis usados por esta aplicação.

Para além de Portugal, esta aplicação está disponível em Itália, Espanha, Reino Unido, Alemanha, Roménia, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Gana e Lesoto.


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados