Partilhe nas Redes Sociais

PUB

«Em breve poderemos ampliar o portfólio e ajudar os clientes a evoluírem de forma mais global»

João Martins, CEO Cilnet by Logicalis

Publicado em 5 Setembro 2019 por Cristina A. Ferreira - Ntech.news | 134 Visualizações

Esta semana a Cilnet anunciou que vai passar a pertencer ao Logicalis Group, que adquiriu 70% do capital da empresa portuguesa. As duas companhias apresentaram o negócio como um passo decisivo para desbloquear novas oportunidades de crescimento no mercado ibérico, sobretudo naquilo que se relaciona com as soluções Cisco, área em que ambas as companhias são especialistas. 

 O Ntech.news falou com João Martins, CEO da Cilnet, que vai continuar a liderar os destinos da empresa em Portugal e que já nos confirmou que a marca Cilnet vai continuar no mercado. O responsável também esclareceu dúvidas sobre a autonomia da operação local e a estratégia para os recursos humanos. 

Ntech.news: O negócio entre a Cilnet e o Logicalis Group é apresentado como uma estratégia de expansão na península ibérica. Quais são as prioridades e quais serão os próximos passos nessa estratégia?

João Martins: Essa é uma estratégia de grupo, que passa por reforçar a presença da insígnia na região ibérica. As valências de ambas as partes estão em análise e futuras sinergias poderão surgir ao longo do tempo.

A cibersegurança era uma das áreas onde a Cilnet queria reforçar a aposta. A integração na estrutura da Logicalis vem criar essa oportunidade? Como?

J.M.: A cibersegurança continua a ser uma área de aposta na Cilnet, que será potenciada pela integração com a Logicalis. Estamos neste momento a traçar o roadmap desse reforço e a seu tempo partilharemos novidades que surjam nesse quadrante.

Que mensagem estão a passar aos vossos clientes: o que significa esta integração em termos práticos para quem usa hoje a vossa oferta?   

J.M.: No imediato significa que continuaremos a prestar serviços e a implementar soluções tecnológicas de excelência e que em breve poderemos ampliar esse portfólio e ajudar os nossos clientes a evoluírem os seus negócios de forma mais inovadora e global.

Para os mesmos clientes… o que significará esta integração no futuro: que mais-valias podem esperar?

J.M.: Esta integração em termos práticos, significará num futuro próximo uma oferta mais abrangente, inovadora e global.

Em termos de estrutura da operação local o que vai acontecer: a marca Cilnet mantém-se?

J.M.: Sim, a marca Cilnet mantém-se mas com o endosso da Logicalis. Ou seja: Cilnet, a Logicalis company.

Que tipo de autonomia terá a operação local em relação ao grupo?

J.M.: À semelhança do que acontece na maioria das aquisições da Logicalis manteremos autonomia operacional.

A liderança local mantém-se?

J.M.: Sim. A estrutura do board em Portugal mantém-se.

No que se refere aos recursos humanos qual será a tendência?

J.M.: Vamos manter-nos business as usal, com o capital humano que presentemente dispomos.


Publicado em:

Na Primeira Pessoa

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados