Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Impacting Digital conduz CEOs na transformação dos negócios

Publicado em 27 Março 2018 por Ntech.news - Luísa Dâmaso | 1252 Visualizações

A massificação do acesso à Internet, o crescente aumento do uso de smartphones, a facilidade com que se cria um website, entre outros, fizeram com que a quantidade de informação online crescesse a um ritmo avassalador e espoletaram o aparecimento de inúmeras tecnologias para ajudar os CEOs a analisarem dados e a orientarem a gestão na definição da melhor estratégia competitiva.

A Impacting Digital, consultora especializada em transformação digital,  acredita que algumas tecnologias são determinantes para que os gestores concretizem em pleno a digitalização dos negócios. Quais são?

 

1. Data Analytics – Falar em Data Analytics é falar nas oportunidades que o acesso e a utilização correta dessa informação podem aportar a um negócio entre as quais promover a eficiência, reduzir custos e aumentar o retorno.

2. Automação de Marketing – O número de plataformas de automação marketing está a crescer de dia para dia. Servindo diferentes propósitos, estas plataformas digitais apresentam-se mais inteligentes, mais intuitivas e menos dispendiosas e com inúmeros benefícios: Eliminan erros humanos; Permitem a realização de campanhas de email marketing; Analisam resultados associados a cada campanha; Otimizam o processo de conversão de leads; Podem aumentar as receitas e o retorno do investimento (ROI).

3. Real time – Para impactar audiências, as marcas devem utilizar estratégias de comunicação que permitam abordagens personalizadas e imediatas, como por exemplo, a comunicação em real time. As redes sociais já mostraram o poder do real time e continuam a apostar no desenvolvimento de novas funcionalidades associadas à instantaneidade das comunicações.

4. Internet of Things – A Internet of Things (IoT) é uma das tendências digitais que veio para ficar. Na verdade, e tendo em conta uma pesquisa realizada pela consultora tecnológica Gartner, em 2020 prevê-se a existência de mais de 20,4 bilhões de objetos conectados à rede!

5. Social Selling – O Social Selling é a arte de utilizar as redes sociais para a criação de uma comunidade para, após a implementação de estratégias de enriquecimento e relacionamento, se alcançar a conversão e conquistar a venda.

6. Inteligência Artificial – Negócios (principalmente B2C) que utilizam inteligência artificial estão, inadvertidamente, a interferir com a experiência do utilizador.

7. Blockchain – O Blockchain está para os cryptocurrencies como a Internet está para as redes sociais. É o sistema responsável por validar e registar toda a informação relativa às transações realizadas através de cryptocurrencies ou, se preferir, através de moedas digitais (o exemplo mais conhecido é a Bitcoin). A utilização de cryptocurrencies já é uma realidade em alguns negócios e é, sem dúvida, uma mais-valia para negócios que pretendam:

• Viabilizar a venda para novas geografias;

• Apostar em novos modelos de negócio com base em micro-serviços;

• Otimizar o seu comércio eletrónico;

• Obter maior margem de lucro sobre as vendas online;

• Contratar serviços outsourcing fora do país.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados