Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Luís Simões investe um milhão de euros para melhorar segurança das operações

Publicado em 4 Maio 2018 | 69 Visualizações

O grupo Luís Simões conseguiu reduzir em 30% as incidências de segurança nas suas operações, na sequência do investimento de um milhão de euros, que permitiu centralizar a gestão deste tipo de eventos na sua Control Tower.

A empresa explica que o mesmo investimento permitiu reduzir o tempo de resposta às incidências relacionadas com a segurança em 80%, passando de um tempo de resposta de 36 horas, para uma janela máxima de 7 horas.

A Control Tower do operador logístico português garante a segurança nas instalações da empresa, mas não só. Gere as incidências de carga e descarga nos armazéns, fornece apoio à frota em trânsito e ao sistema de rastreabilidade da mercadoria.

É, por exemplo, através deste sistema que a empresa monitoriza se há uma porta indevidamente aberta nas instalações, ou que desencadeia procedimentos de resposta a eventos como incêndios. A plataforma faz uma gestão integrada de todos os sistemas eletrónicos de suporte à segurança da empresa.

Controlo biométrico de acessos, circuito fechado de TV, controlo de frota por GPS e sistemas anti-intrusão são, para além do já referido sistema contra incêndios, outros mecanismos de segurança ligados à Control Tower, localizada no Centro de Operações da empresa no Carregado.

Em comunicado, o grupo Luís Simões esclarece que em Portugal e Espanha conta com um sistema de vigilância assegurado por mais de 500 câmaras, que podem gravar imagens a 6 megapixeis e monitorizar em tempo real todas as operações.


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados