Partilhe nas Redes Sociais

ONU destaca iniciativas de Portugal em estudo global sobre e-Gov

Publicado em 23 Agosto 2018 por Cristina A. Ferreira - Ntech.news | 425 Visualizações

Na mais recente edição do índice das Nações Unidas, que avalia o desenvolvimento do governo eletrónico (e-gov) pelo mundo, são detalhados três exemplos nacionais considerados referências nas estratégias para a promoção de serviços públicos digitais.

O E-Government Development Index observa a tendência registada em muitos países de usarem a oportunidade da digitalização para reverem os seus processos de backoffice, redesenhando-os e tornando-os mais integrados, tendo como premissa principal a necessidade de resolver problemas do cidadão.

O exemplo português das Lojas do Cidadão e dos Espaços do Cidadão é detalhado neste contexto e explica-se no estudo – onde participaram vários técnicos locais – que são reflexo de uma estratégia orientada para a eficiência e redução de custos, sem esquecer a qualidade dos serviços e a capacidade de os disponibilizar através de múltiplos canais.

O estudo assinala que existem hoje centenas de Lojas e Espaços do Cidadão espalhados pelo país que albergam serviços públicos e privados e que traduzem a simplificação de processos no terreno e levam os serviços digitais a toda a população, com assistência personalizada para quem necessitar. «Isto responde ao facto de a literacia digital não estar ao mesmo nível em todo o país», destaca-se.

No mesmo estudo, há ainda uma referência concreta ao Simplex, como um programa para «agilizar burocracia, modernizar a Administração Pública e facilitar a interação de cidadãos e empresas com a Administração Pública, a nível central e local».

 


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados