Partilhe nas Redes Sociais

Plataforma de telemedicina da Knok recebe investimento do Fundo NOS 5G

Publicado em 25 Novembro 2021 | 74 Visualizações

A startup portuguesa Knok recebeu um investimento de 4,4 milhões de euros do Fundo NOS 5G. A empresa tem uma plataforma de cuidados de saúde remotos, que conta com uma rede de 3.000 médicos e que já suportou 160 mil consultas em 12 países.

A plataforma integra vídeo consultas, ferramentas de apoio à triagem e monitorização remota de pacientes, recorrendo a inteligência artificial. Permite que os utilizadores identifiquem sintomas e partilhem informação clínica com o médico.

O fundo da NOS é gerido pela Armilar Venture Partners e partilha este investimento com a Triple Point, o Fundo de Inovação Social e o fundo de impacto social e ambiental MSM (Mustard Seed MAZE). O fundo tem um capital inicial de 10 milhões de euros e um período de investimento estimado de 5 anos.

É o primeiro fundo em Portugal orientado para projetos ligados à tecnologia móvel, desde soluções de infraestrutura até produtos ou serviços para clientes, que possam vir a beneficiar fortemente do desenvolvimento das redes 5G.

A elevada capacidade de débito de dados e a latência quase nula do 5G vai permitir que a Knok melhore a fiabilidade dos serviços que já presta e que estenda a oferta a especialidades que exigem alta qualidade de imagem para a observação, como é o caso da dermatologia, explica a NOS. Vai também facilitar o processamento de registos biométricos fornecidos por wearables, através de soluções cloud, que podem ser usados para detetar sinais de patologias em tempo real e acelerar a construção de modelos de pré-diagnóstico.

José Bastos, CEO e Co-founder da knok explica que o investimento angariado vai servir para «acelerar a expansão nacional e internacional da nossa solução integrada de saúde, reforçando a presença em Espanha, Brasil e outros países da América Latina e chegando à Índia, Reino Unido e Itália».


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados