Partilhe nas Redes Sociais

Quinta do Lago moderniza software de gestão

Publicado em 24 Abril 2018 por Ana Rita Guerra | 445 Visualizações

Um plano de investimento de 50 milhões de euros levou Quinta do Lago a contratar a Anturio para a modernização do seu ERP. A expansão do resort algarvio nos últimos anos envolveu a abertura de novas infraestruturas de restauração, mini-golfe e um complexo multidesportivo, além da renovação da Quinta do Lago Norte. Foi por isso que teve a necessidade de adicionar novos módulos ao ERP em utilização – da softwarehouse portuguesa PHC – num projeto de longa duração e que requereu vários recursos. A empresa acabou por adquirir o PHC Enterprise com os módulos de Contabilidade, Gestão, Imobilizado, Pessoal, Frota, RH, BPM, POS, Web e Multilíngua.

A implementação dos módulos foi feita de modo a criar interfaces que ligam os softwares de cada área de negócio conectados ao sistema PHC: Golfe, SPA e Restauração. O projeto também albergou a implementação de uma plataforma de compras acessível a todos os trabalhadores. Segundo o diretor financeiro da Quinta do Lago, Miguel Sousa, esta parte da solução foi desenvolvida através do PHC Web, com um sistema de workflow de aprovações personalizado.

O responsável explica que havia muitas «especificidades e necessidades» no projeto e que era necessário assegurar a integridade dos dados a nível fiscal. «Era também necessário automatizar tarefas manuais e redefinir os processos existentes para cada um dos utilizadores», indica o executivo.

A outra componente era dar espaço e suporte ao crescimento da empresa, com foco especial na melhoria da área de gestão de tesouraria e de clientes, do controlo de dívidas e dos prazos de recebimento.

«Foi uma implementação longa e que ocupou vários recursos da Quinta do Lago, ao longo de um ano, nas várias áreas de ação dos projetos e que contou com o total apoio da Anturio e da sua equipa, existindo uma simbiose quase perfeita entre a parte tecnológica e o negócio», sublinha Miguel Sousa.

No que toca à interação das diferentes interfaces, esta é feita através da importação de dados, que permite à Quinta do Lago não sobrecarregar a sua estrutura administrativa com os movimentos que ocorrem diariamente no resort. O resultado é a automatização de processos e lançamentos contabilísticos.

A empresa algarvia pretende continua a desenvolver a solução e otimizar os recursos existentes.


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados