Partilhe nas Redes Sociais

5G começa a chegar

Publicado em 3 Dezembro 2021 | 70 Visualizações

Cinco dos seis operadores móveis que participaram no leilão do 5G já estão em condições de explorar comercialmente as frequências que compraram. Isto significa que já foram cumpridos os passos necessários para terem acesso aos respetivos DUF – Direitos de Utilização de Frequências. Os valores licitados durante o leilão já foram pagos, foram emitidos os projetos de decisão associados aos direitos, colocados em audiência prévia e convertidos em decisões finais. NOS, que foi a primeira, Vodafone, Nowo, Dense Air e Dixarobil estão prontas para operar o 5G. Falta apenas a MEO. 

Neste grupo, duas empresas efetivamente já lançaram novidades. NOS e Vodafone anunciaram esta semana que, até janeiro, vão permitir que os clientes experimentem gratuitamente o 5G, desde que tenham equipamentos compatíveis com a tecnologia. A NOS direciona a oferta para particulares. A Vodafone para clientes particulares e empresas. 

A partir de fevereiro de 2022, as duas operadoras também já detalharam que tarifários mantêm o acesso ao 5G e em que condições os restantes podem usar a tecnologia. Na NOS incluem-se no leque de tarifários com acesso ao 5G, por defeito, os tarifários sem limites, plafons de dados com 10 ou mais GB, ou tarifários de internet móvel pós paga com todo o tráfego incluído. Os restantes clientes da operadora vão ter de ativar o Upgrade 5G, com uma mensalidade de 5 euros. 

Na Vodafone, o 5G passará a estar integrado por defeito nos tarifários pós-pagos Red 10GB, Red Infinity e nos pré-pagos Vodafone You 10GB e Yorn X 10GB. Nos restantes tarifários ficará disponível também com um extra mensal de cinco euros.  A mesma regra vale para os clientes empresariais, que verão o 5G integrado automaticamente nos tarifários Red 10GB, V4 e em todos os planos Infinity. Os restantes tarifários podem incluir esta capacidade por mais 4,07 euros mensais, valor sem IVA.

A NOS anunciou também uma campanha de descontos para a aquisição de smartphones 5G, que pode chegar aos 150 euros e que inclui a oferta de 55 GB de dados móveis. 

A Vodafone explica que, além do acesso ao 5G para todos os tarifários usados em equipamentos compatíveis, já tem disponível roaming com Espanha em 5G. 

Recorde-se que a fase principal do leilão 5G demorou 201 dias e compreendeu 1.727 rondas de negociação Vai render um total de 566,8 milhões de euros, sendo que quem mais investiu na tecnologia foi a NOS, 165,1 milhões de euros, 15 lotes arrematados e 134 MHz garantidos. 


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados