Partilhe nas Redes Sociais

Apple renova iPhone: o que se destaca nos novos modelos?

Publicado em 13 Setembro 2018 por Cristina A. Ferreira - Ntech.news | 255 Visualizações

  • Apple iPhone Xs
    Apple iPhone Xs
  • iPhone Xs
    iPhone Xs
  • iPhone Xs Max
    iPhone Xs Max
  • iPhone Xs
    iPhone Xs
  • iPhone Xs
    iPhone Xs
  • iPhone Xs - Selfie
    iPhone Xs - Selfie
  • iPhone Xs Selfie
    iPhone Xs Selfie
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr Face ID
    iPhone Xr Face ID
  • iPhone Xr - Ecrã LCD
    iPhone Xr - Ecrã LCD
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • iPhone Xr
    iPhone Xr
  • Apple Watch Series 4
    Apple Watch Series 4
  • Apple Watch Series 4 ECG
    Apple Watch Series 4 ECG
  • Apple Watch Series 4 ECG
    Apple Watch Series 4 ECG
  • Apple Watch Series 4 - Ouro
    Apple Watch Series 4 - Ouro
  • Apple Watch Series 4 - Nike
    Apple Watch Series 4 - Nike
  • Apple Watch Series 4
    Apple Watch Series 4
  • Apple Watch Series 4
    Apple Watch Series 4
  • Apple Watch Series 4 Hermes
    Apple Watch Series 4 Hermes
  • Apple Watch Series 4 - Aço
    Apple Watch Series 4 - Aço
  • Apple Watch Series 4
    Apple Watch Series 4

A Apple apresentou esta quarta-feira três novos modelos do iPhone: iPhone Xs, Xs Max e Xr e um renovado Apple Watch, com vários argumentos de peso para cativar os fãs da marca, mas alguns destacam-se.

Os novos modelos de telemóvel integram um novo processador o A12 Bionic, com seis núcleos de processamento, fabricados com tecnologia de sete nanómetros. Segundo a Apple, o novo processador é o mais poderoso alguma vez construído para dispositivos móveis, também graças ao seu GPU de quatro núcleos e à nova versão do Neural Engine, o motor que dá suporte às tarefas de inteligência artificial.

Na versão anterior, o Neural Engine tinha dois núcleos, passou a ter oito e a aumentar de 600 mil milhões para 5 biliões, o número de operações que consegue fazer a cada segundo, uma evolução com impactos relevantes na capacidade de trabalhar imagens com o equipamento, por exemplo.

Os três modelos são resistentes à água, embora no Xr isso signifique apenas que é resistente a pingos (certificação IP67) e no XS e XS Max que pode aguentar até 30 minutos submerso. Outra caraterística partilhada pelos três modelos é o dual sim, pela primeira vez na história do iPhone. Os equipamentos terão, no entanto e na mesma, apenas uma ranhura para colocar um cartão adicional ao do operador de origem.

O iPhone Xs é a estrela da estação, sucedendo ao iPhone X, apresentado há um ano. Com um ecrã OLED de 5,8 polegadas, capaz de integrar 2436×1125 pixeis, começa a ser vendido já esta sexta-feira – Portugal está no primeiro leque de países a poderem encomendar o modelo. Chegará efetivamente aos clientes duas semanas depois do arranque do período de reservas, a 21 de setembro. Vai ser comercializado em três versões de 64, 128 e 256 GB, com preços a partir de 1.179 euros.

O iPhone Xs Max partilha muitas das caraterísticas com o irmão mais pequeno, mas é mais generoso nas dimensões, como atesta o ecrã de 6,5 polegadas, com 2688×1242 pixeis. As datas de arranque das pré-reservas e entregas também é a mesma. O preço é ligeiramente mais elevado: 1.279 euros.

O iPhone Xr tem um ecrã Liquid Retina: LCD de 6,1 polegadas, com imagem de 1792×828 pixeis e uma câmara traseira de 12 MP, igual àquela que integram os outros dois equipamentos apresentados.

O modelo está disponível em seis cores: vermelho, amarelo, preto, branco, azul e coral e chega às lojas no próximo dia 26 de outubro, mas pode ser reservado a partir do dia 19, do mesmo mês.

O iPhone Xr é o mais barato do trio, com preços a partir de 749 dólares, que em Portugal se convertem em 879 euros. Estará disponível em versões de 64GB, 128GB e 256GB.

Antes dos novos iPhone terem sido dados a conhecer, a Apple revelou uma nova versão do seu smartwatch, que disponibiliza novas opções de personalização, algumas alterações ao nível do design, melhorias no que se refere à sensibilidade e um novo processador, que duplica o desempenho do antecessor.

O novo Apple Watch Series 4 também melhorou a capacidade de analisar batimentos cardíacos e é mesmo capaz de fazer um eletrocardiograma e detetar quedas. Os preços para Portugal começam nos 439


Publicado em:

Mobilidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados