Partilhe nas Redes Sociais

Bosch e Universidade do Porto juntam esforços de I&D na condução autónoma

Publicado em 6 Dezembro 2021 | 191 Visualizações

A Bosch e a Universidade do Porto anunciaram a assinatura de uma parceria que vai pôr no terreno um esforço conjunto de investigação das duas entidades, materializado no projeto Theia – Automated Perception Driving. Do dado da UP vão estar envolvidos mais de 70 investigadores. 

O Theia vai estar focado no desenvolvimento de soluções para melhorar as capacidades sensoriais dos veículos autónomos, através de algoritmos que interpretam a informação recolhida por estes sensores.  

A área da segurança é uma das prioridades nas soluções a desenvolver, para permitir que os veículos consigam melhorar a capacidade de antecipar cenários e tomar decisões face a diferentes obstáculos ou problemas, otimizando os sensores integrados nos carros.  

O projeto em questão representa um investimento de 28 milhões de euros e deve permitir criar 55 novos postos de trabalho na Bosch, segundo o Negócios. O protocolo que vai ligar a Universidade do Porto à Bosch Car Multimédia, instalada em Braga, é o segundo do género. O primeiro foi firmado com a Universidade do Minho e está a assinalar uma década de existência. 

O balanço e apresentação de resultados foram feitos no mês passado pelas duas entidades na capital minhota, num evento coberto pelo Ntech.News. À margem deste evento, Carlos Ribas, representante da Bosh em Portugal adiantou que será criado mais um consórcio com características semelhantes com a Universidade de Aveiro.  


Publicado em:

Projetos

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados