Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Pipedrive vai duplicar quadros em Lisboa em 2018

Publicado em 29 Janeiro 2018 por Ntech.news - Ana Rita Guerra | 554 Visualizações

A startup de CRM Pipedrive pretende contratar mais de 50 pessoas este ano para o escritório em Lisboa, duplicando o tamanho da equipa em Portugal. A empresa contratou 45 funcionários em 2017, ano em que abriu portas no Saldanha, e pretende chegar às 100 pessoas até ao final de 2018.

«A nossa equipa de experts em Lisboa é agora um pilar forte e estratégico do trabalho da Pipedrive, no que toca ao suporte fornecido e a capacitar as empresas ao nível das vendas», declara o CEO da empresa, Timo Rein.

A expansão na capital portuguesa está relacionada com o crescimento global da plataforma de CRM, que atingiu recentemente os 70 mil clientes empresariais em cerca de 170 países. A Pipedrive, que em maio de 2017 se mudou da Estónia para Portugal, oferece uma plataforma de vendas focada nos comerciais de pequenas e médias empresas em crescimento.

Timo Rein considera que o marco de clientes alcançado funciona como um testemunho da «fenomenal equipa em todo o mundo.» O executivo sublinha que a resposta das pequenas empresas ao lançamento da plataforma foi «surpreendente», melhor que o esperado e uma demonstração de que a Pipedrive pode ajudar a produzir resultados de negócio.

Do LinkedIn para a Pipedrive

É uma contratação de monta. A startup foi ao LinkedIn buscar Laurence Bret-Stern, que nos últimos seis anos esteve na rede de ligações profissionais com cargos de relevo – fez parte do Leadership Board da região EMEA e lançou o escritório francês da empresa. Bret-Stern entra na Pipedrive como Chief Revenue Officer e irá liderar o novo escritório da startup em Londres.

Ficará também a cargo da campanha deste ano, “Unstoppable SMBs” (PMEs Imparáveis) que identificará, apoiará e apresentará uma seleção das empresas europeias com melhor performance dentre a base de dados de clientes.

«Estamos apenas a começar e eu estou particularmente agradecido por anunciar o lançamento do nosso novo escritório em Londres e por estarmos continuamente a crescer no nosso escritório em Lisboa», salienta o CEO Timo Rein, declarando-se orgulhoso pelo caminho que a startup tem feito.

A marca foi fundada por profissionais de vendas em 2010 e garantiu 30 milhões de euros em rondas de investimento que incluíram a a Atomico, Bessemer Venture Partners, Rembrandt Venture Partners e Paua Ventures.


Publicado em:

Startups

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados