Partilhe nas Redes Sociais

PUB

Serviços fixos voltam a sustentar crescimento da Vodafone

Publicado em 25 Julho 2018 por Ana Rita Guerra | 93 Visualizações

As receitas da Vodafone Portugal cresceram 3,4% nos três meses entre abril e junho, impulsionadas novamente pela robustez do negócio fixo. Esta área voltou a crescer a dois dígitos, sendo que a base de clientes aumentou 11% para 670 mil assinantes.

É o reverso do que está a acontecer no móvel. Tal como tem acontecido nos trimestres anteriores, a operadora voltou a baixar o número de assinantes móveis, que agora se fixa nos 4,6 milhões de clientes (eram 4,606 milhões no trimestre passado e 4,631 milhões no final de 2017). O indicador positivo está no número de clientes 4G, que agora são 1,8 milhões; é uma subida de 25% face ao mesmo período do ano passado.

Neste primeiro trimestre fiscal, as receitas de serviços totalizaram 239 milhões de euros, um aumento de 3,6% em relação ao trimestre homólogo.

«Os resultados agora apresentados vêm demonstrar a consistência e a evolução da estratégia da Vodafone Portugal, a qual assenta na qualidade do serviço prestado aos seus clientes e no compromisso com o desenvolvimento económico e social do país», afirmou Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal, como comentário à apresentação trimestral.

Durante os três meses até junho, a empresa investiu no “5G Hub“, um laboratório de inovação que se vai dedicar à rede móvel do futuro e reúne parceiros ligados ao sector das telecomunicações, indústria, universidades, investigadores e startups. 


Publicado em:

Negócios

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados