Partilhe nas Redes Sociais

A analítica do SAS é para todas as nuvens…

Publicado em 24 Maio 2021 por Ntech.news- Luísa Dâmaso | 142 Visualizações

O SAS continua o seu compromisso de garantir o acesso a informação de valor acrescentado para os negócios dos clientes, independentemente de onde estes armazenam os seus dados. Depois do SAS Viya ter reforçado o Microsoft Azure, vai agora fortalecer com capacidades analíticas a infraestrutura Amazon Web Services e a Google Cloud, seguindo-se a Red Hat OpenShift ainda antes do final deste ano.

Bryan Harris, chief technical officer do SAS, explica que ao expandir o apoio do SAS Viya para mais fornecedores de cloud, o SAS está a dar aos clientes «a escolha e controle para implementar analítica de classe mundial em qualquer lugar e a qualquer escala na sua empresa».

Os analistas do setor esperam um crescimento significativo das implementações do software de big data e analítica (BDA) na cloud pública. No seu relatório Worldwide Big Data and Analytics Software Forecast, 2020–20241, a IDC diz que as implementações de cloud pública representaram 30,5% do mercado de software de big data y analytics (BDA) em 2019 e a previsão é que continuem a aumentar a uma taxa de crescimento de 23,2% até 2024, ao contrário do software on-premise cuja previsão de crescimento é de -1,2%.

Jay Upchurch, CIO do SAS, confirmou os bons resultado obtidos com a Microsoft e com a interoperabilidade entre o SAS Viya e a Azure, e espera obter bons inputs com a disponibilidade dos conetores para outros fornecedores cloud. «Vamos ao encontro dos dados dos nossos clientes e estamos mais capacitados para os ajudar a obter o máximo proveito dos seus investimentos cloud e aspirações com a analítica de dados», prometeu Upchurch.


Publicado em:

Atualidade

Etiquetado:

analiticaCloudSAS

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados