Partilhe nas Redes Sociais

Aumentar a produtividade e manter a velocidade de cruzeiro em tempos de pandemia

Duarte Miguel Freitas, CEO da Antúrio

Publicado em 17 Abril 2020 | 1060 Visualizações

Trabalhar em tempo de crise, manter as equipas coesas e ainda aumentar a produtividade. Parece uma sequência impossível, mas foi isto mesmo que a Anturio conseguiu no último mês. A receita passa pela combinação de vários “ingredientes”: muita comunicação, boas práticas e trabalho de casa.

O trabalho preparatório, feito por antecipação, foi aliás um dos trunfos que permitiu à tecnológica nacional antecipar desafios e ultrapassar uma situação adversa, mantendo a estrutura a funcionar quase como nos escritórios físicos.

Há mais reuniões e mais curtas, mas a comunicação é mais rápida e fluida na resolução de problemas. “Esta é uma medida que vamos manter no futuro”, revela o CEO da Anturio, Duarte Miguel Freitas. “Confesso que, para minha surpresa, estamos a trabalhar por vezes melhor e com mais produtividade em teletrabalho, tanto na área técnica, como administrativa, de direção e comercial, pelo que vamos manter a opção teletrabalho a 50% como benefício para grande parte dos colaboradores com base na sua produtividade”, adianta.

Admitindo que “as coisas nunca mais serão como eram, especialmente na nossa área de serviços”, o responsável máximo da Anturio desvenda que a adoção de uma liderança por proximidade foi um dos grandes segredos para manter a empresa em velocidade de cruzeiro. Tudo, com recurso a “mais comunicação, através de ferramentas de comunicação e reuniões curtas diárias, uma no início do dia e uma no fim”.

Duarte Migue Freitas

O restante já estava tudo adaptado, com uma ferramenta como o PHC Web, que permite trabalhar em qualquer lado e em qualquer plataforma. “O segredo foi antecipar esta necessidade e preparar as coisas com tempo, sendo que o nosso departamento de RH há muito que aposta no work-life balance, permitindo aos colegas utilizar o seu tempo útil da melhor forma entre o trabalho e a família”, acrescenta.

“A ideia é que as pessoas possam trabalhar de qualquer lado e gerir as suas responsabilidades com base nos resultados que a sua função exige”, especifica Duarte Miguel Freitas. Por outro lado, temos agendado falar com todos os clientes e parceiros em reuniões de acompanhamento nesta época difícil, falando da conjuntura atual, medidas, acompanhamento nas alterações legais. É uma oportunidade que temos para nos aproximarmos ainda mais dos nossos clientes e parceiros, mostrarmos que estamos nisto juntos e darmos resposta nas alturas mais difíceis”, adiciona o responsável.

“Agir de forma responsável e manter a calma nesta conjuntura é essencial. Temos de olhar para este novo desafio como uma oportunidade para mostrar que nos conseguimos adaptar e evoluir rapidamente”, conta. Para mudar o mind-set e ajustar a esta altura tão especial, a Anturio criou um guia de boas práticas internas que todos devem seguir. Do compêndio, destacam-se:

  • Preparar-se todos os dias como se fosse para o escritório
  • Ter um espaço de trabalho dedicado e arrumado
  • Utilizar ferramentas de colaboração e comunicação
  • Fazer pausas
  • Estar sempre contatável

“as coisas nunca mais serão como eram, especialmente na nossa área de serviços”

Além das boas práticas, existem alguns conselhos que as empresas devem seguir nesta altura:

1 – Reforçar a proximidade, apostar na liderança por proximidade, falar mais e utilizar ferramentas de comunicação rápida;

2 – Recorrer a um ERP móvel, como o PHC Web, com rede social, agenda, workflows e controlo de KPIs e SLA;

3 – Garantir que o helpdesk ou contatos dos clientes chegam a quem de direito, através de uma central telefónica inteligente que direciona para o telemóvel ou contato com base na necessidade;

4 – Dado ser uma forma nova de trabalhar, os colaboradores têm de ser acompanhados com um conjunto de boas práticas para se ajustarem facilmente ao novo modelo do teletrabalho;

5 – Recordar que esta é uma oportunidade para todos mostrarem que têm maturidade e disciplina para organizar o seu trabalho, até para poderem ter este benefício de teletrabalho (mesmo que em regime parcial) depois da quarentena.


Publicado em:

AtualidadeEspeciais

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados