Partilhe nas Redes Sociais

HP semeia mobilidade e digitalização no mercado empresarial

Publicado em 24 Setembro 2020 por Ntech.news- Luísa Dâmaso | 295 Visualizações

A transformação digital há muito que é apontada como o “el dourado” da competitividade e um passaporte para uma nova Era de produtividade sem precedentes. A mudança adivinhava-se, vendia-se, mas teimava em não acontecer com a rapidez desejada não só por falta de investimentos, mas também por alguma resistência à mudança. Foi necessária uma situação extrema, como a que se viveu com a pandemia, para que o tecido empresarial reagisse e empurrasse os contextos organizacionais e sociais para uma nova realidade onde a mobilidade e o digital  passaram a ser o novo normal e a base para uma nova forma de trabalhar.

«O escritório tal como o conhecemos pode vir a ter uma forma totalmente diferente», afirma José Correia, diretor-geral da HP. E é esta diferença que a HP está a imprimir e a processar nos seus equipamentos para criar o chamado “flexible working”, um conceito de mobilidade e simplicidade que visa proporcionar a mesma experiência de trabalho dentro de fora do escritório, sem comprometer a produtividade e a segurança dos processos.

Todo este contexto abre a porta à cloud e ao desenvolvimento dos serviços que têm de evoluir para acompanhar as novas necessidades dos trabalhadores remotos e para corresponder às expectativas dos gestores, que encaram a externalização como uma opção para reduzirem o TCO dos postos de trabalho e dos ambientes híbridos que terão de ter implementados para este novo presente.

Para a HP o terreno de jogo está montado e a sua oferta encaixa-se como peças de lego nas muitas tendências digitais que estão a causar impacto no mercado empresarial, sejam a nível de impressão ou de computação profissional. O que se quer são ambientes pessoais, flexíveis, colaborativos, seguros e conectados, e que não coloquem em causa a sustentabilidade ambiental.

Mais e melhor produtividade colaborativa

Na área de computação pessoal, a HP apresentou vários portáteis desenhados para ajudar a melhorar a produtividade e colaboração em qualquer lugar.  Pedro Coelho, gestor de categoria de computação profissional, garante que os equipamentos HP têm «todo as funcionalidades expectáveis num PC profissional» e que dão a «liberdade para trabalhar de qualquer lugar». Com o ProBook 635 Aero G7, a HP responde ao atual modelo de trabalho híbrido, que certamente irá marcar o presente e o futuro das empresas. Esta máquina tem um peso inferior a 1Kg e uma grande autonomia, integrando a tecnologia Sure View Reflect que permite que apenas o utilizador visualize os dados em que está a trabalhar. Destaca-se também o design do portátil, com um look premium e compacto, todo em metal, com mais de 62% das partes mecânicas feitas de materiais reciclados.

EliteBook x360 1040 G7
Orientation: 1
« 1 de 11 »

Computação de Elite

A linha de portáteis EliteBook é outra das grandes apostas da HP e inclui outras ofertas como o  EliteBook 800 G7 Series, os EliteBook x360 1030 G7, o EliteBook x360 1040 G7 e o Elite c1030 Chromebook que prometem responder a todas as necessidades dos profissionais, com características como a tecnologia Gigabit Class 4G LTE (cat 16) facilita as ligações e o desempenho profissional. A câmara panorâmica com um campo de visualização de 88 graus combinada com áudio Bang & Olufsen minimiza os sons de fundo e melhora significativamente as experiências de videoconferência. O design dos cantos facilita a abertura do computador, e o teclado redesenhado com teclas de borracha assegura uma experiência ultrassilenciosa. O sistema de privacidade tapa automaticamente a câmara quando é preciso assegurar que não há olhos indiscretos por perto. O EliteBook 830 G7 garante até 23 horas e 15 minutos de autonomia e o HP EliteBook x360 1040 G7 assegura até 29 horas de autonomia.

Workstations mais potentes

No campo das workstations, a HP apresentou novas máquinas que permitem que criadores de todos os níveis, incluindo consumidores, freelancers e profissionais, capturem, criem e deem vida a conceitos e ideias digitais que podem ser partilhadas, apreciadas e experimentadas. A nível de sustentabilidade, a linha Z é a primeira linha de workstations portáteis do mundo com plásticos recuperados do oceano, com o exterior em alumínio reciclável e mais leve, mas com uma resistência 5x superior à abrasão da fibra de carbono pintada e em conformidade com os testes MIL-STD 810G. O Zbook Create é o portátil de 15” mais pequeno do mundo para criação e gaming. Esta workstation pode incluir um ecrã DreamColor e tem uma autonomia da bateria de 17,5 horas, mais que um dia de trabalho. A nível de performance gráfica, os utilizadores têm opção de escolher entre gráficos Nvidia Quadro® ou GeForce® e, no caso do processamento, entre Intel® Core ™ e Intel® Xeon® de última geração.

Mais velocidade para a criatividade

Já o Zbook Studio é apontado pelo fabricante como a workstation portátil mais potente do mundo por centímetro cúbico, desenhada para responder às exigentes necessidades das aplicações e fluxos de trabalho criativos e para assegurar as melhores experiências de trabalho técnico, hoje e no futuro. O equipamento dá aos criadores o desempenho que necessitam independentemente da complexidade do fluxo de trabalho, com opções de gráficos Nvidia Quadro® ou GeForce® e processadores Intel® Core ™ e Intel® Xeon® de última geração. O Zbook Power G7 é ideal para estudantes de ciências e matemáticas. A workstation portátil apresenta um rápido desempenho e uma capacidade térmica melhorada, permitindo opções gráficas Nvidia Quadro® T2000 e processadores Intel® Xeon® ou Core i9 num chassis que agora é 19% menor, 11% mais fino e quase 10% mais leve do que a geração anterior. Por sua vez, o Zbook Fury 15 G7 (de 15 e 17 polegadas) disponibiliza aos utilizadores uma performance semelhante à de um desktop que é ideal tanto para o escritório como para ser utilizado na mesa da cozinha. A ZBook Fury 15 é agora 12% mais pequena que a sua anterior geração e a ZBook Fury 17, 29% mais pequena, tornando-o na workstation portátil de 17 polegadas mais pequena do mundo. com gráficos profissionais Nvidia até Quadro. Desenhado com a solução térmica Z VaporForce, esta solução pode atingir o pico de performance enquanto os utilizadores estão a utilizar em simultâneo o CPU e o GPU. Por outro lado, os monitores PANTONE Validated ™ cumprem com os critérios de fidelidade de cor dos peritos no que respeita à simulação de toda a gama de cores PANTONE®, o que significa que os criativos podem criar com total confiança no resultado final.

Last but not least, a ZBook Firefly 14 é para a HP a mais pequena e mais leve estação de trabalho portátil do mundo. É 8,8% menor e 5,2% mais leve em comparação com a geração anterior e possui uma relação ecrã/chassis (screen to body ratio) de 84%. Como uma das estações de trabalho portáteis mais seguras do mundo, inclui opcionalmente a proteção contra olhares indiscretos com o Sure View Reflect. Integra ainda o Sure Start Gen6 para defender o utilizador contra-ataques de firmware e malware. Estas duas novas estações de trabalho disponibilizam uma potência invejável num design ultraportátil com gráficos NVIDIA® Quadro® P520 com 4 GB de RAM e processadores Intel® Core ™ de 10.ª geração de seis núcleos, para que os utilizadores se mantenham produtivos e trabalhar perfeitamente com várias aplicações em simultâneo. 

Produtividade que se imprime

Na área da impressão profissional, a HP continua apostada em garantir o melhor resultado a custos controlados e respondendo a necessidades como a segurança e a impressão sem fios ou remota. A HP vai também continuar a apostar na tecnologia laser, com a Neverstop Laser e o seu novo portfólio DesignJet, especialmente direcionado a simplificar as necessidades de impressão do ecossistema de profissionais de construção (arquitetos, engenheiros, construtores e técnicos), ao mesmo tempo que apresenta uma alta qualidade e rapidez de impressão a baixo custo. Com o software Click, é simples fazer a impressão com um único clique, mesmo em documentos de diferentes tamanhos.

A HP melhorou ainda o SecurePrint, uma solução flexível nativa da nuvem que imprime apenas os documentos de utilizadores autorizados. O SecurePrint suporta todos os tipos de rede, incluindo redes tradicionais protegidas por firewall e ambientes de impressão sem servidor, ajudando os clientes a simplificar as infraestruturas de TI.

Impressões em qualquer lugar

A HP expande ainda a tecnologia Roam para dispositivos LaserJet Pro, que permite que os funcionários utilizem o seu badge para recolherem as impressões sem ser necessário tocar no painel de controlo da máquina, facilitando a impressão em movimento através de dispositivos móveis para qualquer impressora com suporte para HP Roam.

De forma a facilitar esta nova forma de trabalho, a HP apresentou também a Workpath, uma nova plataforma cloud e um ecossistema de desenvolvimento que permite que os revendedores, os developers e os clientes criem aplicações que simplificam os processos de negócio. Muito à imagem do que acontece com os smartphones, os parceiros HP podem criar facilmente aplicações ou aceder a apps já existentes, instalando-as diretamente nas impressoras e multifuncionais HP. Há atualmente mais de 300 developers de HP Workpath e 50 aplicações disponíveis, incluindo apps para segmentos específicos das áreas de saúde, educação e setor público.

Os scanners não foram esquecidos

Também a família de scanners Scanjet recebe dois novos membros, o ScanJet Pro N4000 snw1 e o ScanJet Enterprise Flow N7000 snw1, preparados para ajudar na melhoria da produtividade nas empresas.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados