Partilhe nas Redes Sociais

ITSector aponta baterias ao mercado norte-americano

Publicado em 12 Setembro 2017 por Ntech.news - Rui da Rocha Ferreira | 233 Visualizações

ITSector Fintech

O próprio presidente do ITSector Group, Renato Oliveira, admite que é uma aposta ambiciosa, por ser um mercado altamente competitivo, mas mesmo assim as expectativas são altas: a tecnológica portuguesa quer que em 2020 os EUA representem 10% do volume de exportações da empresa.

O objetivo foi traçado numa altura em que a ITSector foi até ao outro lado do Atlântico mostrar uma aplicação para dispositivos móveis que permite simular e contratar crédito num curto espaço de tempo. A apresentação da solução foi feita no evento Finovate, dedicado à área financeira e das fintech.

«Além da solução que apresentámos contemplar todas as fases do ciclo de vida do crédito, o pedido pode ser realizado mesmo por quem não for cliente do banco que oferece a solução de crédito, através do recurso a instant messaging, uma ferramenta de comunicação simples e que as pessoas já se habituaram a utilizar no dia a dia», explica em comunicado Renato Oliveira.

«Foi a primeira vez que participámos na edição americana da Finovate, o que representa uma oportunidade única para, perante uma plateia repleta de investidores e representantes das mais reputadas instituições financeiras, demonstrar que temos uma solução tecnológica de vanguarda a nível mundial», acrescentou

Em 2016 os mercados externos já representaram 35% da faturação da ITSector, um número que a empresa pretende fazer duplicar até 2020. Recorda-se que a tecnológica tem feito uma aposta vincada na expansão da sua presença, tendo criado recentemente um escritório na Alemanha e tendo também criado um novo centro tecnológico em Portugal, mais concretamente em Bragança.


Publicado em:

Atualidade

Partilhe nas Redes Sociais

Artigos Relacionados